Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

População de Vila Verde com medo de grande terramoto

A frequência de pequenos sismos, mais de vinte em dez dias, está a assustar os habitantes.
Secundino Cunha e Paulo Jorge Duarte 12 de Agosto de 2018 às 11:10
Tremores de terra têm sido o tema de conversa da população do concelho de Vila Verde nos últimos dias
Vila Verde
Tremores de terra têm sido o tema de conversa da população do concelho de Vila Verde nos últimos dias
Vila Verde
Tremores de terra têm sido o tema de conversa da população do concelho de Vila Verde nos últimos dias
Vila Verde
No início, parecia uma brincadeira, mas isto está a ficar sério. É que, em pouco tempo, já sentimos mais de vinte abalos e lá vem um dia que somos vítimas de um grande terramoto". A afirmação é de José Araújo, morador em Pico de Regalados, epicentro do sismo de 2,9 na escala de Richter, sentido este sábado ao final da manhã nessa zona do concelho de Vila Verde, e que é partilhada por muitos.

A população começa a estranhar a frequência dos abalos: mais de vinte registados desde o início do mês, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os técnicos e especialistas asseguram que se trata de uma atividade sísmica normal para a zona, mas a população diz não se lembrar de sentir tantos tremores de terra em tão curto espaço de tempo.

"Foi um estrondo bastante forte e até nos assustámos. Estavam várias pessoas no talho e fomos para a rua, a pensar que tinha sido um carro, mas depois é que percebemos que era um sismo. Isto está a acontecer muitas vezes em Vila Verde e estou preocupado", disse ao Correio da Manhã o comerciante Alexandre Afonso.

Fernando Carrilho, geofísico do IPMA, diz que se trata de uma "situação normal", com a novidade de o epicentro destes sismos ter tido lugar em zonas habitadas, o que fez com que fossem mais sentidos pelas populações.

O Norte de Portugal é uma zona de perigosidade baixa, ao contrário de Lisboa e do Algarve, mas não está livre de ser atingida por um forte abalo.

SAIBA MAIS
De sul a norte
Os mais de vinte sismos registados nos últimos dias em Vila Verde foram sentidos em zonas a sul e a norte da sede de concelho. Primeiro em Soutelo, junto ao rio Cávado, e agora em Pico de Regalados.

10
é o grau máximo da escala de Richter, que mede a intensidade dos sismos. Os abalos são classificados de micro quando registam intensidade inferior a 2, e de extremo com 10.

Situação normal
O povo está assustado, mas os especialistas do IPMA alertam para o facto de se tratar de uma situação normal, já que a atividade sísmica é contínua e manifesta-se em toda a superfície terrestre.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)