Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Projeto 'Bem-estar' no IPO de Coimbra

Massagens ajudam a retirar a dor a doentes oncológicos do IPO de Coimbra
2 de Novembro de 2014 às 09:34
Doentes sentem melhorias no dia-a-dia com a ajuda das massagens
Doentes sentem melhorias no dia-a-dia com a ajuda das massagens FOTO: Paulo Novais/Lusa

No Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra, um grupo de enfermeiros ajuda a retirar a dor de doentes oncológicos a partir de massagens, melhorando a sua qualidade de vida e reduzindo o uso de fármacos.

Dentro de uma sala da Unidade de Dor, ouve-se uma música calma e relaxante, enquanto a enfermeira Graça Folhas faz uma massagem nas costas a Maria Filomena, doente oncológica.

Apesar da música relaxante, uma panóplia de discos perto da aparelhagem pretende responder aos gostos de cada doente, ouvindo-se dentro daquela sala "desde pimba a Chopin".

A primeira vez que Maria Filomena entrou na sala, estava cética. E mesmo depois de sair não mudou de opinião. Contudo, na terceira sessão, "tudo correu bem". Para além da massagem, fez perguntas sobre a terapia e sobre como lidar com a dor. "Pensava que era como um spa, mas não é", conta, sublinhando que, enquanto recebia a massagem, foi aprendendo como se haveria de deitar, de descer e subir escadas, andar e tomar banho.

O projeto "Bem-estar", criado em 2005, começou com três enfermeiros do serviço de cirurgia do IPO de Coimbra, que tiveram formação na área da massagem, tendo neste momento 10 enfermeiros na iniciativa, que se encarregam de garantir o serviço dois dias por semana, informou Dulce Helena, enfermeira-chefe do serviço de cirurgia do IPO.

IPO Coimbra
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)