Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Protesto mostra estado “deplorável” da EN125

Cerca de 100 pessoas percorreram cinco quilómetros a pé e de bicicleta.
Tiago Griff 11 de Junho de 2018 às 08:08
Protesto EN125
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Protesto EN125
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Protesto EN125
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Cerca de 100 pessoas em protesto na EN125 contra degradação da via
Deplorável, lastimável e calamitoso, foram alguns dos inúmeros adjetivos usados para classificar o estado da EN125, entre Tavira e Vila Real de Santo António, que domingo de manhã juntou cerca de 100 pessoas numa ação de protesto que acabou por criar constrangimentos no trânsito durante mais de uma hora.

O objetivo da manifestação foi pressionar o Governo para avançar com as intervenções de fundo prometidas há anos.
"Lançaram agora umas obras ‘para inglês ver’, para tapar alguns buracos, que atingem apenas 5 quilómetros de uma via de 45 [entre Olhão e Vila Real de Santo António].

Queremos uma requalificação a sério", referiu ao CM Francisco Amaral, autarca de Castro Marim, que este domingo se vestiu de preto para apoiar o protesto organizado pelo Movimento de Cidadania dos Utentes da EN125 - Sotavento.

A promessa das obras estruturais está feita e os trabalhos estão previstos arrancar em 2019. Também já estiveram para avançar em 2016, 2017 e 2018. "Acredito que cheguem para o ano, mas é uma planificação do Governo porque vamos ter as eleições legislativas.

Os cidadãos não podem andar ao tom dos políticos", critica António Fernandes, um dos membros do movimento.
Movimento de Cidadania dos Utentes da EN125 EN125 protesto via
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)