Barra Cofina

Correio da Manhã

Tecnologia
1

Adolescentes estão a abandonar o Facebook

Relatório sobre redes sociais mostra que os adolescentes estão a migrar para outros sites.
J.F. 10 de Outubro de 2014 às 15:07
Estudo diz que a rede social mais usada em todo o mundo tem falhado em cativar os cibernautas mais novos
Estudo diz que a rede social mais usada em todo o mundo tem falhado em cativar os cibernautas mais novos FOTO: Brendan O'Sullivan/Getty Images

Os adolescentes norte-americanos estão a desistir da rede social mais utilizada em todo o mundo. O Facebook parece já não conseguir cativar os seus utilizadores mais novos que parecem preferir outras formas de comunicação online.

Estas são as conclusões do relatório mais recente do banco de investimento Pipper Jaffray que inquiriu mais de 7 mil jovens entre os 13 e os 19 anos, nos EUA, este outono, e comparou com os resultados do anterior estudo, da primavera.

Os resultados do estudo mostram que o uso do Facebook por parte dos adolescentes caiu dos 72% para os 45%. E para que site foram então estes jovens? De acordo com o relatório, esta migração não foi apenas para um site.

O Instagram e o Twitter passaram a ser os mais usados entre os jovens de 13 e os 19 anos, com 76% dos inquiridos a preferir o site de partilha de imagens. Logo de seguida segue o Twitter, que reúne a preferência de 59% dos jovens utilizadores, e então, em 3.º, surge o Facebook... que até é o dono do Instagram.


Em quarto e quinto lugares aparecem o Pinterest e o Tumblr, com 22% e 21%, respetivamente.

Também o Google+ que, na prática, seria o grande rival do Facebook apesar de nunca ter conseguido fazer mossa à rede social criada por Mark Zuckerberg, obteve uma grande queda neste período, passando dos 29% para os 12%.

No entanto este relatório falha em apontar as razões desta migração. No passado, estudos semelhantes apontaram a presença dos pais e de outros adultos como uma das causas para a nega dada pelos adolescentes ao Facebook. E claro, há sempre a questão da privacidade na Internet que preocupa muita gente.

O estudo também falha ao omitir a preferência dos mais novos pelas aplicações Snapchat e Vine, cada vez mais em voga nas idades mais jovens.

Facebook Pipper Jaffray Twitter Instagram
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)