Barra Medialivre

Correio da Manhã

Tv Media
6
Siga o CM no WhatsApp e acompanhe as principais notícias da atualidade Seguir

"Infiltrado com as forças agressoras russas": Ana Gomes critica jornalista da CNN Portugal em Mariupol

Eurodeputada pediu esclarecimentos à CNN Internacional, através de uma publicação nas redes sociais.
Correio da Manhã 20 de Abril de 2022 às 18:31
Ana Gomes
Ana Gomes FOTO: Sérgio Lemos

Foi através do Twitter, rede social de eleição de Ana Gomes, que a eurodeputada criticou o jornalista Bruno Amaral de Carvalho, que está a trabalhar como enviado do canal CNN Portugal a Mariupol, na Ucrânia.

Numa publicação, dirigida à CNN Internacional, Ana Gomes acusa o jornalista de estar "infiltrado" com as "forças agressoras" russas.

"Hey CNN, conseguem explicar como é que a CNN Portugal teve autorização do Putin para ter um jornalista português 'infiltrado' com as forças agressoras russas e a reportar como a ‘desnazificação’ está a progredir????", lê-se no Twitter de Ana Gomes.

A referência feita à "desnazificação" por Ana Gomes parece ter o propósito de ‘colar’ o jornalista ao discurso habitualmente utilizado por alguns pró-russos, que alegam estar a ‘desnazificar’ regiões ucranianas ou até a combater membros da extrema-direita ‘infiltrados’ nas tropas.

Com efeito, na rede social Telegram, verificou o CM, o jornalista Bruno Amaral de Carvalho usa algumas vezes o termo ‘desnazificação’ e ‘nazis’, por exemplo, para se referir ao batalhão Azov, de extrema-direita.

CNN Portugal em Mariupol Twitter Ana Gomes Bruno Amaral de Carvalho Ucrânia política
Ver comentários
C-Studio