Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

RTP deixa cair série de época

Domingos Amaral escreveu a história, a NBP mostrou-se interessada em produzir a série mas a RTP, que em 2006 encomendou os primeiros capítulos, esqueceu o projecto. Mais de uma dezena de episódios de uma série intitulada ‘Espiões de Lisboa’, cuja acção se passa entre 1940 e 1945, permanece numa gaveta à espera de encomenda.

23 de Junho de 2008 às 00:30
Domingos Amaral, autor do livro e do guião
Domingos Amaral, autor do livro e do guião FOTO: D.R.

"Gostava que o formato avançasse porque o acho muito interessante. Na altura escrevi uma série de episódios que foram entregues à NBP e que por lá ficaram. A NBP mostrou grande interesse, mas faltou o compromisso da RTP", explica ao CM Domingos Amaral, director da revista ‘GQ’ e autor do livro ‘Enquanto Salazar Dormia’, que serviu de base ao guião da série televisiva.

A acção decorre durante a II Guerra Mundial, quando espiões e refugiados se cruzavam nas pomposas festas organizadas em Lisboa.

Em 2006, Nuno Santos, então director de Programas da RTP, pôs em marcha as negociações com a NBP. Domingos Amaral redigiu vários capítulos da série de época que a estação pública fazia questão de exibir. Dois anos depois, o esboço de ‘Espiões de Lisboa’ está esquecido. José Fragoso, actual director de Programas da RTP, desconhece o assunto mas a NBP continua interessada em produzir a série.

"Em vez da série ‘Espiões de Lisboa’ avançou a novela ‘Paixões Proibidas’, co-produção com a Bandeirantes, e ficámos à espera de uma encomenda que nunca se concretizou", explica ao nosso jornal Pedro Miranda, director de Produção da NBP. "Nunca desistimos da série porque o texto é muito bom e a época retratada interessante e pouco explorada. Mas não podíamos avançar para a produção sem um compromisso da estação televisiva", afirma.

O LIVRO

Publicado em Maio de 2006, vendeu mais de 35 mil exemplares. Centra-se nas memórias de um espião luso-britânico que tem por missão desmantelar as redes de espionagem nazis que actuavam em Lisboa, precisamente ‘Enquanto Salazar dormia’.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)