Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Segundo-comandante do navio relata momentos do resgate

O filipino Allan Lara relatou o resgate da embarcação que naufragou no Mediterrâneo.
Lusa 23 de Abril de 2015 às 20:03
O navio King Jacob, de bandeira portuguesa, foi em auxílio da embarcação que naufragou.
O navio King Jacob, de bandeira portuguesa, foi em auxílio da embarcação que naufragou. FOTO: D.R.

O segundo-comandante do navio King Jacob, que resgatou 22 dos sobreviventes do naufrágio de domingo no Mediterrâneo, disse, esta quinta-feira, à Lusa que foram utilizadas cordas, boias e um barco pneumático para salvar os imigrantes.

"Sinto-me muito feliz por ter salvado estas pessoas", afirmou o segundo-comandante do navio, o filipino Allan Lara, de 36 anos, contactado telefonicamente pela Lusa.

Segundo Lara, depois de a embarcação se virar, os imigrantes desataram a nadar em direção ao seu navio, que se encontrava a poucos metros.

O navio mercante, de bandeira portuguesa, recebeu na madrugada de domingo um alerta das autoridades italianas para ir em auxílio da embarcação, que navegava na mesma zona do Mediterrâneo, a 70 milhas da costa da Líbia.

Jacob Mediterrâneo Lusa Allan Lara questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)