Barra Cofina

Correio da Manhã

Comunicados de Imprensa
7

Descobrir Santarém enquanto prova Portugal

Santarém volta a ser a capital da gastronomia e reúne chefes Michelin em cinco banquetes
23 de Outubro de 2019 às 11:15
O Vinho e a Vinha é o tema desta 39.ª edição
11 dias: 24 de outubro a 3 de novembro
33 000 visitantes esperados
5 banquetes com chefes conceituados
12 tasquinhas típicas de Norte a Sul do país e Ilhas
27 expositores de doçaria tradicional e agroprodutos
31 artesãos

Aquele que é o maior e mais antigo Festival Nacional de Gastronomia (FNG) regressa este ano para a sua 39.ª edição. Entre 24 de outubro e 3 de novembro Santarém converte-se numa montra recheada de especialidades tradicionais e representativas de diversas regiões de Portugal, prometendo continuar a celebrar e promover o património gastronómico do nosso país.

A programação deste ano é dedicada ao tema do vinho e da vinha, oferecendo ao visitante a hipótese de usufruir da prova comentada "O que realmente sabes sobre vinhos verdes" no dia 2 de novembro, promovida pela Essência do Vinho com o apoio da CVRVV, bem como participar em conversas sobre vinho nos dias 26 e 27 de outubro, 1 e 2 de novembro com os sommeliers Manuel Moreira e Rodolfo Tristão e o apoio da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo), e ainda experimentar inúmeras receitas em que o vinho é um elemento-chave.

À oferta das 12 tasquinhas típicas provenientes do Norte a Sul do país e das Ilhas da Madeira e dos Açores juntam-se 31 artesãos e 27 expositores de doçaria tradicional e conventual e agroprodutos. Está, assim, composto o leque de sabores que promete avivar-lhe o paladar ao longo de 11 dias bem recheados.

As sextas e os sábados do Festival reúnem seis chefes consagrados nacional e internacionalmente, que criarão com a sua mestria os designados Banquetes, desta forma exponenciando aquilo que são os sabores mais ricos do nosso território: Rui Paula (estrela Michelin) a 25 de outubro, Chakall a 26, Óscar Gonçalves (estrela Michelin) a 31, João Correia e Rodrigo Castelo a 1 de novembro, numa homenagem às grandes cozinheiras de Santarém, e Justa Nobre a dia 2 de novembro. São, pois, cinco experiências gastronómicas inesquecíveis, cada uma aberta a 30 pessoas.

Com o objetivo de promover os produtos tradicionais portugueses, a programação do FNG inclui dias temáticos, nos quais estarão representados diversos municípios convidados: Grândola (25 de outubro), Peso da Régua (26 de outubro), Lagoa (30 de outubro), Palmela (31 de outubro), Anadia (1 de novembro), Direção Regional de Turismo dos Açores (2 de novembro) e Santarém (3 de novembro). Numa ligação íntima ao tema do Festival, o vinho e a vinha, estes municípios irão apresentar uma multiplicidade de receitas e repastos à base de/que incluam o vinho, dos mais tradicionais aos mais inovadores. São dias em que o visitante poderá não só conhecer os melhores vinhos e a gastronomia dos territórios convidados, como também a oferta turística nas suas diversas vertentes artísticas e culturais, sendo que cada um irá apresentar um programa especial.

No dia 24 de outubro, o dia da Inauguração do festival Nacional de Gastronomia de Santarém, assina-se um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Santarém e a Confraria da Gastronomia do Ribatejo para a elaboração da Carta Gastronómica do Concelho Santarém, um documento que, considerando a riqueza, diversidade e excelência do receituário tradicional do Concelho de Santarém enquanto parte integrante do património cultural da região e uma das expressões mais vivas da sua identidade, visa promover o levantamento das especialidades gastronómicas características do Concelho de Santarém, dos ingredientes regionais e dos modos de confeção tradicionais, por forma a organizar esta informação em suportes e plataformas acessíveis, de natureza didática, informativa e turístico-promocional e constituir um referencial gastronómico de base para o Concelho de Santarém que enquadre a conceção e avaliação de iniciativas e ações específicas a desenvolver e a promoção da notoriedade e diferenciação da imagem/marca Santarém no panorama gastronómico nacional e, a médio prazo, internacional.

No dia 28 de outubro o Festival Nacional de Gastronomia acolhe o I Concurso Nacional de Cozinha Tradicional Portuguesa no Festival Nacional de Gastronomia, promovido pela QUALIFICA/oriGIn Portugal. O objetivo é comum aos demais concursos organizados por esta associação e visa motivar os produtores para a manutenção do respeito pelos modos de produção, pelas receitas e pelo uso dos ingredientes genuínos que permitem manter a qualidade, a tipicidade e a diferença dos doces tradicionais. Procura ainda divulgar os produtos tradicionais portugueses mais genuínos e contribuir para o aparecimento de produtos de base tradicional resultantes da utilização de matérias-primas locais ou nacionais.

No dia 29 de outubro o Festival Nacional de Gastronomia volta a acolher a gala anual de entrega de prémios do Concurso Great Taste Awards. Este prémio, com origem no Reino Unido em 1994, tem sido responsável pela descoberta de produtos alimentares de qualidade excecional ao longo dos anos e pela sua promoção junto de profissionais e consumidores, contribuindo para a sua escolha informada e para o sucesso dos produtores que veem, assim, o seu talento reconhecido no mercado. O "Great Taste" avaliou, nos últimos 22 anos, mais de 100 000 produtos em provas cegas. O júri, um painel exigente que integra profissionais da restauração, compradores, retalhistas gourmet, profissionais da restauração, críticos e jornalistas, procura encontrar os produtos cuja qualidade gustativa merece ser premiada como "Great Taste", o Prémio do Melhor Sabor. O "Great Taste" destaca-se de todos os outros sistemas de atribuição de prémios no setor alimentar pela simplicidade, facilidade na inscrição e custo extremamente baixo, permitindo a participação dos mais pequenos produtores. Todos os participantes recebem um relatório sobre o produto avaliado, que lhes dá acesso a informações valiosas e serve de pesquisa de mercado. O "Great Taste" foi concebido e existe para apoiar e promover os produtores que, independentemente da sua dimensão, querem destacar-se no mercado nacional e internacional pela sua qualidade.

O primeiro Seminário com Vinho decorre no dia 27, com o título "O casamento entre a comida e o vinho" e os convidados Paulo Amado, diretor da Revista Inter, e Rodrigo Castelo, chefe do restaurante Taberna Ó Balcão. No dia 30 de outubro será a vez do Seminário "Marketing e Promoção de Vinhos", que conta com os convidados Patrícia Costa Mateiro, do Departamento de Marketing da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo), Diogo Campilho, enólogo da Quinta da Lagoalva de Cima e Pedro Lufinha, diretor executivo da Quinta da Alorna, ambos com moderação de Francisco Armando Fernandes, consultor cultural do Festival Nacional de Gastronomia.

A 28 de outubro, a Viver Santarém, EM., SA., em conjunto com a Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas e as Edições do Gosto, apresenta o programa de atividades do Dia Nacional de Gastronomia que em 2020 é recebido pelo Município de Santarém.

E porque o Festival Nacional de Gastronomia também se assume como um local de partilha de saber entre profissionais dos setores da gastronomia e vinhos, esta edição acolhe nos dias 28 e 29 de outubro a Formação "Vinho do Porto: Saber servir, vender melhor", uma atividade promovida pelo IVDP – Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto que conta com o formador Carlos Soares, do Serviço de Promoção e Comunicação do IVDP.

Os Municípios da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo voltam a estar presentes em força no Festival, este ano associando-se também ao tema do Festival o vinho e a vinha. Os visitantes serão brindados com surpresas preparadas pelos seguintes municípios: Almeirim (24 de outubro), Golegã (25 de outubro), Salvaterra de Magos (26 de outubro), Cartaxo (27 de outubro), Rio Maior (28 de outubro), Chamusca (29 de outubro), Benavente (30 de outubro), Coruche (31 de outubro), Azambuja (1 de novembro), Alpiarça (2 de novembro) e, por último, Santarém (3 de novembro).

Nesta 39.ª edição o Festival Nacional de Gastronomia recupera a animação de palco com quatro concertos intimistas, que decorrerão no pátio da Casa do Campino pelas 22h00: Sebastião Antunes Trio a 25 de outubro, Jorge Palma a 26 de outubro, João Chora Fado com Tradição a 1 de novembro e Três Bairros a 2 de novembro.

Mantendo a tradição e o espírito de celebração, o Festival volta a acolher um programa de animação musical itinerante por todo o recinto que conta com os grupos musicais Alminhas Danadas, Marchinha do Botequim, Camisas Negras, Carambolas, Pilha Galinhas, Super Rua e as tunas Scalabitanas "Tages" e "Scalabituna", que prometem desafiar e entusiasmar os visitantes.

O evento, que decorre entre 24 de outubro e 3 de novembro, é coorganizado pela Câmara Municipal de Santarém e pela Empresa Municipal Viver Santarém, EM.SA., em parceria com a Entidade Regional de Turismo Alentejo Ribatejo e conta com os patrocínios da Repsol Gás, Delta Cafés, Central de Cervejas, Águas de Santarém, ISLA Santarém e Arroz Bom Sucesso, contando ainda com a Toyota – Caetano Auto como viatura oficial, o Crédito Agrícola como banco oficial, a Revista de Vinhos como revista oficial, com o apoio da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) nos Banquetes e nas Conversas sobre o Vinho, com o Apoio da Escola Profissional do Vale do Tejo – EPVT e da Quinta da Ribeirinha e com a produção da Essência do Vinho.

Para mais detalhes sobre o evento, consulte o site oficial em www.festivalnacionaldegastronomia.pt.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)