Barra Cofina

Correio da Manhã

Cultura

Hozier: "Estou desejoso de voltar aos palcos’’

Cantor irlandês regressa hoje aos Coliseu dos Recreios para apresentar o novo EP ‘Nina Cried Power’.
Sónia Dias 11 de Novembro de 2018 às 02:42
Hozier alcançou o sucesso em 2013 com ‘Take Me to Church’
Hozier alcançou o sucesso em 2013 com ‘Take Me to Church’
Hozier alcançou o sucesso em 2013 com ‘Take Me to Church’
Hozier alcançou o sucesso em 2013 com ‘Take Me to Church’
Hozier alcançou o sucesso em 2013 com ‘Take Me to Church’
Hozier alcançou o sucesso em 2013 com ‘Take Me to Church’
O cantor e compositor irlandês escolheu Lisboa para arrancar a sua digressão europeia, este domingo no Coliseu de Lisboa (bilhetes a 28 euros), onde atuou em 2015, após o sucesso de ‘Take Me to Church’. Em palco, apresentará o novo EP, ‘Nina Cried Power’, ouvido no Spotify 8 milhões de vezes só na primeira semana.

Correio da Manhã – Entusiasmado por voltar a Portugal?

Hozier Sim! Estou desejoso de regressar aos palcos e também a Portugal onde estive várias vezes antes de ser músico. Na verdade foi um dos primeiros países para onde viajei quando era criança. Tenho recordações muito boas desses tempos.

- ‘Nina Cried Power’ é o nome do seu novo EP e, também do novo single, que já é um sucesso...

- Queria escrever uma espécie de nota de agradecimento a vários músicos que olhamos como heróis. Foi uma espécie de homenagem ao seu trabalho e ao seu legado, tão merecedores do nosso respeito. As suas canções são um exemplo daquilo que é importante e que vale a pena partilhar com as outras pessoas.

- E o seu segundo álbum, já está pronto?

- Sim. Diria que está 99% pronto. Estamos em fase de pós-produção e deverá sair no início do ano. Mas antes do Natal ainda será lançado um novo single. O EP é só a ponta do iceberg.

- Além dos temas do EP, vamos poder ouvir outras músicas do novo álbum hoje no coliseu?
- Poderá haver uma ou duas canções que ainda não foram lançadas, entre elas o novo single.

- E o que podemos esperar deste novo trabalho?
- Tem muitas canções alegres, com muito ritmo. Neste disco usámos o ritmo como um instrumento para compor. As músicas estão ligadas por um tema em comum que é uma espécie de ‘tongue in cheek’ [sátira, piada] sobre o fim do Mundo. É o que melhor define a atitude expressa neste álbum.

PERFIL
Andrew Hozier-Byrne nasceu a 17 de março de 1990 em Bray, na Irlanda. Começou a estudar música no Trinity College, em Dublin, mas desistiu a meio. Em 2013 lançou o EP ‘Take Me to Church’, cujo single com o mesmo nome lhe valeu um Grammy. O seu primeiro álbum, ‘Hozier’, saiu em 2014.
cantor compositor irlandês Coliseu de Lisboa Andrew Hozier-Byrne Spotify Nina Cried Power
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)