S. Luiz revela nova geração de actores

Com pouquíssima luz, sem cenário e praticamente sem adereços: eis como o palco do Jardim de Inverno do Teatro Municipal S. Luiz, Lisboa, recebeu, anteontem, a primeira sessão da iniciativa ‘Novos Vezes Nove – Novos Actores’.
07.04.06
  • partilhe
  • 0
  • +
S. Luiz revela nova geração de actores
Adérito Lopes, Joana Alves e Diogo Mesquita em ‘O Anúncio’ Foto Manuel Moreira
A ideia é original: o director do teatro, Jorge Salavisa, convidou jovens com formação superior na representação mas sem possibilidade de mostrar o que valem, para subir a um palco e revelar o seu talento.
Com textos muito curtos (o maior não excedeu os 20 minutos), deu-se-lhes a liberdade de optar por qualquer um dos géneros teatrais – comédia, tragédia, tragicomédia – em mini-espectáculos onde o essencial é mesmo o desempenho do intérprete.
Quarta-feira era a noite em que o Benfica jogava contra o Barcelona, pelo que a assistência não foi tanta como se podia desejar... Mas nem mesmo isso esmoreceu os sete jovens que animaram o Jardim de Inverno.
Um entremez cómico (‘O Anúncio’), um monólogo dramático (‘Terei de morrer para que façam caso de mim?’) e uma cena de amor (‘O Homem que não sabia dançar’), trouxeram ao de cima o melhor de sete jovens empenhadíssimos em aproveitar a oportunidade que lhe deram. É que, entre o público, estavam alguns encenadores e pelo menos a directora de uma agência de casting (a saber, Patrícia Vasconcelos).
Próximas sessões amanhã e terça-feira, às 21h00, com entrada livre.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!