Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Lahm dá os parabéns a "sortudo Portugal"

Ex capitão alemão saúda a vitória da seleção no Euro.
José Carlos Marques 14 de Julho de 2016 às 19:11
Philipp Lahm levantou a taça de campeão do mundo no Brasil e diz que a sensação é "indescritível"
Philipp Lahm levantou a taça de campeão do mundo no Brasil e diz que a sensação é 'indescritível' FOTO: Marcelo Sayao/EPA

Retirado da seleção alemã, o capitão que levantou o troféu de campeão do mundo no Brasil diz que vê futebol de outra forma. Phillipp Lahm assina uma crónica para o site Goal.com em que elogia Portugal, o "vencedor sortudo" deste campeonato.

Numa longa carta aberta aos adeptos, Lahm elogia equipas como a Islândia, Irlanda do Norte e Gales por terem batido o pé a alguns gigantes do futebol europeu. E destaca Renato Sanches, o seu novo colega de equipa no Bayern de Munique.

Leia a tradução das principais ideias da carta de Lahm:

"Caros fãs do futebol,

Já lá vão três dias desde o final do 2016. De uma perspetiva pessoal, foi a primeira vez desde 2002 que pude ver um grande torneio com um fã, o que quer dizer que pude relaxar e divertir-me a apoiar a minha Alemanha, em vez de lidar com as pressões que aparecem quando se joga pela equipa nacional.

Essa sensação de desfasamento relativo, o sentimento de voltar a ser um ‘outsider’, lembrou-me um fundamento básico mas verdadeiro: Futebol é um jogo. E, como dizia Sepp Herberger [lendário treinador que foi campeão do mundo pela Alemanha em 1954] "as pessoas vão ver o futebol porque não sabem como é que vai acabar".

 (…)

Neste Euro, nações como Gales, Irlanda do Norte e Islândia, espantaram-me, não porque jogarem um futebol fora de série mas por jogarem com coragem e unidade contra equipas mais favoritas. Eles bateram grandes estrelas e equipas do futebol e países com mais pedigree e melhores instalações desportivas.

Claro que a sorte tem a sua parte. A Islândia teve alguma sorte contra a Inglaterra, mas mereceram a vitória. Foi uma história parecida com a França e a Alemanha- Futebol é imprevisível. É um jogo. A fortuna é sempre um fator. E isso é uma coisa boa porque isso quer dizer que ninguém pode prever o resultado de qualquer jogo ou torneio com grande certeza.

O vencedor sortudo de 2016 foi Portugal, o que quer dizer que o troféu de campeão europeu pertence agora a um país que há muito produz grandes futebolistas. Estes jovens talentos não viajaram juntos para o topo do futebol internacional só por coincidência ou à custa da sorte. Eles realizaram o seu sonho pelo talento, trabalho duro e disciplina, sendo Renato Sanches um exemplo perfeito disso.

É claro que, até os melhores jogadores frequentemente ficam impotentes perante as vicissitudes do destino. Não é a equipa que trabalha mais que ganha, mas a mais sortuda. E eu gosto disso.

Faz com que o sucesso seja ainda mais precioso e que o momento da vitória se torne absolutamente indescritível. Acreditem, eu seu. Experimentei isso quando levantei a taça de campeão do mundo no Brasil, em 2014. Nessa altura, já não tem nada a ver com  a jornada dura que fizeste, mas antes com saborear o momento e aproveitar a boa sorte.

Assim sendo, dou os meus sinceros parabéns ao campeão da Europa de 2016, Portugal"

Philipp Lahm jogador crónica portugal alemanha parabéns
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)