Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Veríssimo regressa ao comando do Benfica em dia de luto

Técnico enfrenta esta quinta-feira a única equipa com que perdeu na 1ª passagem como treinador principal do Benfica.
Filipe António Ferreira 29 de Dezembro de 2021 às 01:30
Nélson Veríssimo
Nélson Veríssimo iniciou 
o treino de ontem com uma 
conversa com os jogadores
Rafa, Pizzi e André Almeida juntos após uma conquista do clube
Nélson Veríssimo
Nélson Veríssimo iniciou 
o treino de ontem com uma 
conversa com os jogadores
Rafa, Pizzi e André Almeida juntos após uma conquista do clube
Nélson Veríssimo
Nélson Veríssimo iniciou 
o treino de ontem com uma 
conversa com os jogadores
Rafa, Pizzi e André Almeida juntos após uma conquista do clube
Nélson Veríssimo está de regresso ao comando técnico da equipa principal do Benfica, confirmando-se o cenário avançado pelo CM no passado dia 7 de dezembro.

Foram 24 horas de sentimentos cruzados para o ex-técnico da equipa B. Quase na mesma altura em que foi chamado a regressar ao Seixal desde Santa Maria da Feira (onde estava concentrado com a equipa secundária), ficou a saber da triste notícia da morte da mãe, vítima de doença prolongada.

Esta é a segunda vez que Veríssimo, de 44 anos, comanda a formação principal. Em 2020, antes de Jesus assinar pelo Benfica e depois da demissão de Bruno Lage, o técnico assumiu a equipa durante seis jogos: quatro vitórias, um empate e uma derrota. O único desaire surgiu precisamente diante do adversário de amanhã. Na final da Taça de Portugal, perdeu 1-2 com o FC Porto, no estádio Cidade de Coimbra.

A promoção de Veríssimo estava em cima da mesa há algumas semanas. Rui Costa tem seguido muito de perto o seu trabalho na equipa B, que lidera a II Liga.

O técnico chegou ao Benfica com apenas 13 anos e tem todo um passado ligado ao clube da Luz, primeiro como jogador (foi capitão em quase todas as equipas da formação) e depois como treinador, também na formação.

Rui Costa apostou assim na prata da casa com a expectativa de que Veríssimo possa imitar Bruno Lage, quando este, em 2018/19, pegou na equipa com sete pontos de atraso para o líder e acabou por se sagrar campeão. Outra esperança é que o novo técnico, profundo conhecedor da equipa B, possa lançar vários jogadores da formação.

Perfil
Nélson Alexandre da Silva Veríssimo nasceu em Vila Franca de Xira no dia 17/04/1977 (44 anos). Começou a jogar no Povoense antes de se transferir para o Benfica, onde se formou. Estreou-se na equipa principal em 1995. Passou depois pelo Alverca, Académica, V. Setúbal, Fátima e Mafra. Em 2012, assumiu o lugar de adjunto na equipa B.

cm deu primeiro
O Correio da Manhã noticiou na edição de 7 de dezembro que Veríssimo era a escolha caso Jesus saísse.

trio não se despediu de jorge jesus
Pizzi, André Almeida e Rafa Silva foram os únicos jogadores do plantel encarnado que não se despediram de Jorge Jesus, apurou o Correio da Manhã. O trio também tinha tido igual atitude quando Rui Vitória e Bruno Lage deixaram o comando técnico dos encarnados.

pormenores
Benfica B perde
Nélson Veríssimo já não orientou esta terça-feira a equipa B no jogo com o Feirense. As águias, comandadas agora por Paulo Mateus (adjunto de Veríssimo), perderam 1-2, mas mantêm a liderança da II Liga com 33 pontos, mais um que os fogaceiros.

Imprensa internacional
A saída de Jorge Jesus do Benfica teve eco na imprensa internacional. “Motim e escândalo”, escreveu a edição online do jornal AS. A imprensa brasileira deu particular destaque à saída do “Mister”. “Jesus sai, Atlético Mineiro faz consulta”, escreveu o site Goal.
Ver comentários
}