Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

FC Porto reestrutura 100 milhões de dívida e dá direitos de TV como garantia

Clube prolonga prazos de pagamento para obter juros mais baixos e lança novo empréstimo obrigacionista.
Lusa 25 de Maio de 2018 às 17:02
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Pinto da Costa
Pinto da Costa
O FC Porto vai reestruturar o passivo transformando 100 milhões de euros (ME) de dívida de curto e médio prazo em dívida de longo prazo, com financiamento junto de uma entidade internacional em condições mais favoráveis, disse à Lusa fonte do clube.

Para concretizar esta operação, a SAD do FC Porto deu como garantia créditos decorrentes do contrato de cessão de direitos de transmissão televisiva dos jogos da equipa de futebol que mantém com a operadora Altice, conforme comunicado hoje pela sociedade portista à Comissão de Mercados e Valores Mobiliários (CMVM).

A mesma fonte disse à Lusa que "a maior parte da dívida era de curto prazo, iria vencer no espaço de um ano, e o empréstimo de 100 milhões de euros é a cinco anos e com uma taxa de juro mais baixa".

As condições agora negociadas - acrescenta - permitem que o novo empréstimo obrigacionista do FC Porto se fixe em 35 ME, "embora o pudesse fazer, porque os pedidos de subscrição ultrapassam já os 50 ME".

O valor deste empréstimo obrigacionista é inferior ao da última emissão, que foi de 45 ME, o que, segundo a mesma fonte, acontece pela primeira vez na história das SAD portuguesas.

No comunicado hoje enviado à CMVM, a sociedade que gere o futebol profissional do FC Porto diz que a cessão de créditos insere-se no âmbito de "um processo de simplificação da estrutura de financiamento da Futebol Clube do Porto -- Futebol, SAD, conferindo-lhe assim maior estabilidade".

"Os créditos cedidos servirão para colateralizar a emissão de obrigações titularizadas até ao reembolso integral das mesmas, tendo ficado assegurados mecanismos contratuais necessários para que a Futebol Clube do Porto -- Futebol, SAD possa recuperar a titularidade ou benefício económico dos créditos, uma vez terminada a operação".

As receitas líquidas desta cessão destinam-se a substituir passivos, maioritariamente financeiros, acrescenta.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)