Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Jorge Jesus: "Não preciso de eleições para apoiar Rui Costa"

Técnico do Benfica não quer relaxamentos após a Champions e acredita que a equipa vai fazer um bom jogo e vencer.
Filipe António Ferreira 20 de Setembro de 2021 às 09:12
Jorge Jesus
Jorge Jesus FOTO: VALENTYN OGIRENKO/Reuters
Jorge Jesus falou este domingo pela primeira vez das eleições de 9 de outubro no Benfica e confessou que o apoio ao atual presidente é inequívoco. “Com este é o oitavo ano que trabalho com Rui Costa, não preciso de eleições para o apoiar. A minha ligação com ele e com toda a estrutura do futebol é nesse sentido. Não sei o que vai acontecer, mas, neste momento, Rui Costa é o presidente e é a ele que vou apoiar”, disse o técnico na antevisão do jogo de hoje com o Boavista (19h00, BTV).

Os axadrezados foram, na época passada, a primeira equipa a impor uma derrota na Liga aos encarnados. “Cada jogo tem a sua história, mas há mais uma curiosidade: o árbitro é o mesmo. A diferença é que é no Estádio da Luz. Mas o Benfica está muito confiante, vai ser difícil, pois o Boavista tem uma boa estrutura defensiva, com uma linha de 5 jogadores, não é fácil entrar lá dentro. Temos de procurar espaços para fazer golo. Sinto a equipa muito bem e acredito que vamos fazer um bom jogo”, salientou Jesus, que alertou para este jogo após a Champions: “Às vezes podemos ser surpreendidos na competição seguinte. Mas o grande objetivo do Benfica é o campeonato e, como tal, queremos continuar na frente. Para isso temos de somar pontos, com vitórias.”

Jesus evitou dizer se, neste momento, o Benfica é a equipa a praticar melhor futebol. “Todas as equipas vão ter ainda um percurso longo, estamos apenas na 6ª jornada. Todas as equipas vão melhorar e o Benfica também. Quem está em primeiro é quem está melhor, hoje é assim, amanhã pode não ser, mas isso não garante nada. Temos capacidade e valor para sermos mais fortes no futuro”, assegurou o técnico das águias, que ainda não perderam esta época.

Jesus não sabe tempo de paragem de ‘Sefe’
“O Seferovic ressentiu-se da lesão do solear [músculo na zona dos gémeos] e também vai estar fora, não sei quanto tempo, o departamento médico é que sabe”, revelou o treinador. O suíço apresentou o novo problema muscular num dos últimos treinos da semana e depois de efetuados exames foi confirmada a lesão. O tempo de paragem não deve ser inferior a quatro semanas pelo que o avançado suíço só deve regressar à competição após a paragem das seleções, falhando os jogos com o Boavista, V. Guimarães, Barcelona (Champions) e Portimonense. O jogador poderá regressar na Champions com o Bayern no dia 20 de outubro. Seferovic ainda não marcou esta época.
Jorge Jesus Benfica Rui Costa Boavista BTV desporto futebol eventos desportivos campeonato nacional nível 1
Ver comentários