Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

"Real Madrid é o clube onde quero estar"

Cristiano Ronaldo jura fidelidade aos merengues.
Leonel Lopes Gomes 29 de Maio de 2016 às 18:33
"Vai ser difícil aceitar a proposta de outra equipa. O Real Madrid é o clube onde quero estar. Sinto-me bem aqui, com a minha família e com o meu filho", afirmou o capitão da seleção nacional
'Vai ser difícil aceitar a proposta de outra equipa. O Real Madrid é o clube onde quero estar. Sinto-me bem aqui, com a minha família e com o meu filho', afirmou o capitão da seleção nacional FOTO: CHRISTIAN BRUNA/EPA
Com contrato até junho de 2018, Cristiano Ronaldo pretende continuar a jogar no Real Madrid.

"Vai ser difícil aceitar a proposta de outra equipa. O Real Madrid é o clube onde quero estar. Sinto-me bem aqui, com a minha família e com o meu filho", afirmou o capitão da seleção nacional, em declarações ao canal inglês BeIN Sports.

O presidente dos merengues, Florentino Pérez, assegurou que um dos objetivos é "amarrar" o goleador português, prorrogando o contrato que o liga ao emblema espanhol.

"Todo o mundo sabe que quero que o Cristiano fique aqui para o resto da vida. É um dos pilares do clube", declarou.

CR7 voltou a ser decisivo e marcou a grande penalidade que ofereceu a 11.ª Liga dos Campeões da história dos blancos.

Primeiro português a sagrar-se três vezes campeão europeu
Cristiano Ronaldo tornou-se no primeiro futebolista português a sagrar-se pela terceira vez campeão europeu de clubes, depois de o Real Madrid bater o Atlético de Madrid, nas grandes penalidades da final de Milão.

Com dois títulos europeus conquistados antes, um pelo Manchester United, em 2008/2009, e outro já ao serviço dos merengues, em 2014/2015, no Estádio da Luz, Ronaldo deixa para trás os 16 jogadores que o acompanhavam.

A lista, que incluía 12 bicampeões pelo Benfica, em 1960/1961 e 1961/1962, e ainda Paulo Sousa (Juventus em 1995/1996 e Borussia Dortmund em 1996/1997), Deco (FC Porto em 2003/2004 e FC Barcelona em 2005/2006) e Paulo Ferreira e Bosingwa (FC Porto em 2003/2004 e Chelsea em 2011/2012), passa agora a englobar Pepe, que esteve também na equipa merengue campeã há dois anos.

Os benfiquistas bicampeões europeus foram Cruz, Cavém, Costa Pereira, José Augusto, Coluna, José Águas, Ângelo, Germano, Santana, Neto, Mário João e Serra.

Cristiano Ronaldo participou em quatro finais, só tendo perdido uma, pelo Manchester United, diante do Barcelona (0-2, em 2008/2009, em Roma).


Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)