Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Sporting vence Belenenses SAD e anima Rúben Amorim

Treinador coloca Tabata na posição 8, onde na época passada jogava João Mário, e o brasileiro dá boa conta do recado.
Mário Pereira 16 de Julho de 2021 às 08:57
Sandro faz falta sobre Tiago Tomás dentro da área do Belenenses SAD. Penálti a favor do Sporting que Jovane converteu
Sandro faz falta sobre Tiago Tomás dentro da área do Belenenses SAD. Penálti a favor do Sporting que Jovane converteu FOTO: Filipe Farinha
O Sporting venceu esta quinta-feira o Belenenses SAD, por 2-1, em jogo de preparação para a nova época, realizado no estádio Algarve. Um dia depois de ver a sua equipa empatar com o Portimonense (2-2), Rúben Amorim deixou de fora todos os onze elementos utilizados nesse encontro. E retirou novos apontamentos para a temporada. Desde logo, fez jogar Tabata na posição 8, que na época passada era normalmente ocupada por João Mário. E terá percebido que tem dentro de casa uma boa alternativa, pois o jogador brasileiro deu bem conta do recado. Não deslumbrou, ainda não é tempo disso, mas forneceu excelentes indicadores.

O Sporting chegou cedo à vantagem, numa jogada de insistência que terminou com o belenense Sandro a introduzir a bola na própria baliza. Pouco depois, a equipa leonina sofreu uma contrariedade, com a lesão de Porro, que teve de sair, para dar lugar a Vinagre, ainda sem ligação com a equipa. O Belenenses SAD empatou (bom golo de Ndour) e Jovane, de penálti (falta do infeliz Sandro sobre Tiago Tomás), devolveu a liderança aos leões, que se manteve até final. O jogo serviu, essencialmente, para dar ritmo.

Jogadores em destaque
Rúben Vinagre
Jogou fora de posição, na lateral-direita (rendeu o lesionado Porro), e ressentiu-se disso. Ainda está a processar o sistema de jogar do Sporting.

Rodrigo Fernandes
Atuou na esquerda do trio de centrais e revelou bons pormenores, nomeadamente no capítulo técnico. Situação que decorre, naturalmente, do ter formação como médio.

Dário Essugo
Um portento físico, aos 16 anos. Não fez uma exibição de encher o olho, mas ganha quase todos os lances divididos. Nos duelos de choque, bate e não cai!

Nazinho
Jogou na lateral-esquerda e não se amedrontou. Boa disponibilidade. Iniciou o lance do qual resultou o primeiro golo da equipa do Sporting.

Champions é sonho para Jovane Cabral
"Champions? É o meu sonho de criança. Jogar e, antes de jogar, ouvir a música da Liga dos Campeões no estádio… vou estar mesmo a viver um sonho", afirmou Jovane Cabral, de 23 anos, em declarações ao jornal ‘Sporting’, assumindo que todos querem jogar a prova.
Ver comentários