Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Moro pede independência a juízes, "mesmo contra o Ministério da Justiça"

Jair Bolsonaro convidou o juiz para tutelar a justiça.
Lusa 5 de Novembro de 2018 às 18:49
Juiz Sérgio Moro
Juiz Sérgio Moro
Sérgio Moro
Juiz Sérgio Moro
Juiz Sérgio Moro
Sérgio Moro
Juiz Sérgio Moro
Juiz Sérgio Moro
Sérgio Moro

O juiz brasileiro Sérgio Moro, indicado como ministro da Justiça do futuro Governo liderado por Jair Bolsonaro, pediu aos seus colegas de profissão que "continuem com uma atuação independente, mesmo contra, se for o caso, o Ministério da Justiça".

"Da minha parte, sempre terei orgulho de ter participado da Justiça Federal e os magistrados terão sempre o meu respeito e admiração. Continuem dignificando a Justiça com atuação independente (mesmo contra, se for o caso, o Ministério da Justiça)", disse Moro, num comunicado enviado aos magistrados federais, segundo o jornal Estadão.

O juiz, que foi responsável por julgamentos da Operação Lava Jato, acrescentou ainda que a sua decisão de aceitar o convite do Presidente brasileiro eleito, Jair Bolsonaro, para tutelar a justiça, foi "muito difícil, mas ponderada".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)