Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Daesh reivindica atentado suicida em Cabul

Um bombista suicida fez 63 mortos numa festa de casamento da minoria xiita hazara.
Francisco J. Gonçalves 19 de Agosto de 2019 às 08:24
Daesh reivindica atentado suicida em Cabul
Afeganistão
Afeganistão
Daesh reivindica atentado suicida em Cabul
Afeganistão
Afeganistão
Daesh reivindica atentado suicida em Cabul
Afeganistão
Afeganistão
O Daesh reivindicou este domingo um atentado suicida que na noite de sábado matou 63 pessoas e feriu mais de 180 outras numa festa de casamento em Cabul. O ataque surge numa altura em que os radicais taliban estão em conversações de paz com o governo.

Num comunicado online, o Daesh (que não participa nas negociações) afirmou que o autor do ataque foi um paquistanês. O grupo sunita diz ainda ter feito detonar um carro armadilhado durante o atentado, que visou membros da minoria xiita hazara.

O noivo e a noiva sobreviveram ao ataque, mas estão em estado de choque após verem muitos familiares assassinados.

O massacre reforça os receios dos que não querem a retirada das tropas dos EUA, como deseja Trump, ante o risco de nova guerra civil e do regresso dos taliban ao poder.
Daesh Cabul distúrbios guerras e conflitos guerrilha terrorismo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)