Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Filha de Michael Jackson hospitalizada após polémica com documentário sobre o pai

Paris Jackson nega que incidente tenha ocorrido na sequência de uma tentativa de suicídio.
17 de Março de 2019 às 08:28
Paris Jackson
Paris Jackson chama TMZ de 'mentiroso'
Paris Jackson ousada em campanha de lingerie
Paris Jackson, indemnização milionária, produtora AEG, Michael Jackson, videoconferência
Paris Jackson desabafa no Instagram
Paris Jackson
Paris Jackson
Paris Jackson
Paris Jackson chama TMZ de 'mentiroso'
Paris Jackson ousada em campanha de lingerie
Paris Jackson, indemnização milionária, produtora AEG, Michael Jackson, videoconferência
Paris Jackson desabafa no Instagram
Paris Jackson
Paris Jackson
Paris Jackson
Paris Jackson chama TMZ de 'mentiroso'
Paris Jackson ousada em campanha de lingerie
Paris Jackson, indemnização milionária, produtora AEG, Michael Jackson, videoconferência
Paris Jackson desabafa no Instagram
Paris Jackson
Paris Jackson
Paris Jackson foi hospitalizada no passado sábado. De acordo com informações avançadas pelo TMZ, site especializado em celebridades, a filha de Michael Jackson teria tentado o suicídio ao cortar os pulsos.

A jovem estará abalada após o documentário "Leaving Neverland", onde o rei da pop é acusado de abusos sexuais por dois homens. 

As autoridades terão sido chamadas a casa de Paris e levado a artista para o hospital. Entretanto, Paris Jackson já teve alta e regressou a casa onde ainda está a ser acompanhada.

No Twitter, a filha de Michael Jackson já negou que se tenha tentado suicidar, chamando o site de "mentiroso". 
















































Dois homens acusam Michael Jackson de abuso sexual e de ser "manipulador"
As acusações de pedofilia que recaem sobre Michael Jackson continuam a aparecer num contexto em que o documentário Leaving Neverland, que investiga estes crimes sexuais de menores cometidos pelo cantor pop, estreou no dia 3 de março na HBO Portugal.

Desta vez, foram Wade Robson, de 36 anos, e James Safechuck, de 40 – que também participam no documentário - a afirmar que o artista abusou deles "centenas de vezes" quando ainda eram crianças.

Em declarações ao programa de Victoria Derbyshire, na BBC, Robson, um coreógrafo australiano, contou que Jackson começou a abusar sexualmente dele quando tinha sete anos e que tentou violá-lo aos 14. James Safechuck, que conheceu o músico num anúncio para a Pepsi, alega ter sido vítima destes crimes "entre os 10 e os 14 anos".

Paris TMZ TMZ rei Michael Jackson Twitter questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)