Homem com pénis biónico quer sexo com robô

Mohammed Abad, de 44 anos, diz que se sente sozinho.
15.01.17

Após dar que falar em todo o mundo, ao ser o primeiro homem a ter um pénis biónico, Mohammed Abad, de 44 anos, recebeu dezenas de pedidos para ter sexo, que negou, por alegar estar a pensar casar. Agora o escocês admite que se sente sozinho e não descarta a hipótese de fazer sexo com um robô.

"Ainda não consegui encontrar ‘a tal’ e às vezes sinto-me muito só. É difícil. Não sou daqueles homens que pára a vida para estar à espera de uma mulher. Definitivamente que teria um ‘encontro’ com um robô sexual", admite o gerente de supermercado ao The Sun.

A tecnologia dos robôs sexuais tem-se desenvolvido muito nos último anos, com empresas como a RealDolls já a disponibilizarem parceiros sexuais robóticos que respondem ao toque e que imitam o calor emitido pelo corpo humano. Há ainda protótipos que reconhecem o discurso humano e são capazes de dar respostas simples, e outro com capacidade de serem modificados em termos de aparência conforme cliente quiser.

"Se os robôs tivessem um género de ‘personalidade’ e tivessem hipótese de serem melhorados conforme eu quisesse era um ‘sim’ absoluto", conclui o homem.

Abad sofreu um terrível acidente aos 6 anos. Foi atropelado e arrastado no asfalto por um carro e ficou sem o órgão sexual. Após anos de tratamentos e cirurgias, os médicos conseguiram implantar-lhe um pénis biónico, com tubos insufláveis e pele retirada do braço, em 2012.

Perdeu a virgindade em 2015 com uma acompanhante de luxo e ‘dominatrix’, Charlotte Rose, que, tocada pela história do homem, decidiu que ofereceria uma noite inesquecível a Mohammed. No final, a inglesa elogiou as capacidades do escocês no quarto e a ‘maravilha da ciência’ de Mohammed (que tem 20 centímetros). "O quarto aqueceu muito! E foi uma sessão que durou quase duas horas. Fiquei muito impressionada", confessou a ‘dominatrix’. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!