Sub-categorias

Notícia

Mergulhador que morreu na gruta da Tailândia vai ser homenageado no sábado

Tailandês perdeu a vida depois de entregar um tanque de oxigénio aos jovens presos em gruta.
10.07.18
Samarn morreu por falta de oxigénio numa das grutas da caverna na passada sexta-feira, aos 38 anos, durante as operações de resgate na Tailândia.

O funeral do voluntário, que morreu após entregar um tanque de oxigénio aos jovens soterrados, vai acontece no próximo sábado e a família mandou construir uma bonita estrutura de madeira para a cerimónia, que foi concluída esta terça feira.

"Logo que terminou a missão, mergulhou para regressar mas, a meio do trajeto, o companheiro encontrou Samarn inconsciente na água e tentou reanima-lo, mas não conseguiu", afirmou a unidade de fuzileiros em comunicado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De mcdias4510.07.18
    Este mergulhador morreu ao serviço da humanidade. Mas penso, que apesar de ter partido para o outro lado da vida o seu espírito continuou a ajudar quem precisava de auxílio, os doze meninos e o treinador.
1 Comentário
  • De mcdias45
    Este mergulhador morreu ao serviço da humanidade. Mas penso, que apesar de ter partido para o outro lado da vida o seu espírito continuou a ajudar quem precisava de auxílio, os doze meninos e o treinador.
    Responder
     
     0
    !