Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Não há vacinas contra a Covid-19 para todos até 2024, alerta maior produtor mundial

Adar Poonawalla relembrou que as farmacêuticas não estão a aumentar a capacidade de produção com a rapidez necessária.
Correio da Manhã 14 de Setembro de 2020 às 08:25
vacina
vacina
O presidente-executivo do maior fabricante mundial de vacinas, o Serum Institute of India, alertou que não haverá vacinas contra a covid-19 suficientes para todas as pessoas do mundo antes de 2024.

Em declarações ao Financial Times, Adar Poonawalla relembrou que as farmacêuticas não estão a aumentar a capacidade de produção com a rapidez necessária para permitir a vacinação da população mundial no menor tempo possível.

"Vai demorar entre quatro a cinco anos até que todos tenham acesso à vacina a nível mundial", avançou o responsável, acrescentando que se a vacina contra o coronavírus for de duas doses - como a do sarampo - o mundo vai precisar de 15 mil milhões de doses.

O Serum Institute, com sede na cidade indiana de Pune, fez parceria com cinco empresas farmacêuticas internacionais, incluindo a AstraZeneca e a Novavax, para desenvolver uma vacina contra o coronavírus. A empresa poderá também fazer uma parceria com o Instituto de Pesquisa Gamaleya da Rússia para fabricar a vacina Sputnik, uma hipótese que está ainda a ser estudada.

A farmacêutica é a maior fabricante mundial de vacinas em volume, produzindo por ano 1,5 mil milhões de doses de vacinas para proteção contra doenças infecciosas como a poliomielite o sarampo e o vírus influenza.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)