‘Protegida’ sucede a Merkel

Delegados da União Democrata-Cristã só na votação decisiva escolheram a sucessora da chanceler, numa vitória por apenas 35 votos.
Por Francisco J. Gonçalves|08.12.18
A União Democrata-Cristã da Alemanha (CDU) elegeu ontem Annegret Kramp-Karrenbauer para suceder a Angela Merkel na liderança do partido e como provável candidata conservadora à chefia do governo alemão em 2021.

Kramp-Karrenbauer era a ‘protegida’ da chanceler, com quem é comparada, havendo quem a considere quase um ‘clone’ da líder que há 13 anos é o rosto da política alemã e europeia.

A ‘mini-Merkel’, como também é apodada, foi eleita somente à segunda votação, à qual passou com Friedrich Merz, o candidato preferido pelo ex-ministro das Finanças Wolfgang Schäuble e por outros influentes barões do partido.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!