Rui Rio reitera que investigação criminal de Tancos "não se pode arrastar"

Presidente do PSD utilizou a ironia para descrever o roubo de material de guerra e recorreu mesmo a um célebre 'sketch' humorístico do falecido ator Raul Solnado.
Por Lusa|11.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O presidente do PSD reiterou esta terça-feira que a investigação criminal ao desaparecimento de material militar de Tancos "não se pode arrastar", sublinhando que é "bom para a clarificação da situação" que os resultados sejam conhecidos em breve.

"Aquilo que eu vi ontem [segunda-feira] nas declarações do Presidente da República é que ele está convicto, que não se podendo arrastar, o resultado da investigação jurídica também está próxima para sair, o que é bom para o país e para a clarificação desta situação", disse Rui Rio.

Na segunda-feira, o Presidente da República declarou ter "uma forte esperança" de que as conclusões da investigação criminal ao desaparecimento de material militar de Tancos sejam conhecidas dentro "de dias ou de semanas - e não de meses".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!