Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Autarca aliciava jovens com droga

Joaquim Almeida é acusado de sete crimes sexuais e um de tráfico.
António Lúcio 27 de Fevereiro de 2018 às 08:42
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária
Joaquim Almeida, apesar dos seus 27 anos, já tinha sido presidente do Sporting Clube Ferreirense e era eleito pelo Partido Socialista na Assembleia Municipal de Ferreira do Alentejo. Mas em maio do ano passado foi detido pela Polícia Judiciária por suspeita da prática de crimes sexuais e tráfico de droga.

Esta segunda-feira começou a ser julgado no Tribunal de Beja, numa sessão à porta fechada. O arguido, que está em prisão preventiva na cadeia da cidade, é acusado da prática de um crime de tráfico de estupefacientes e sete crimes sexuais, três dos quais relacionados com o recurso à prostituição de menores, dois de aliciamento de menores para fins sexuais e outros dois de pornografia de menores.

Segundo fonte policial, as autoridades começaram a investigar o deputado municipal depois de algumas informações que o acusavam de trocar dinheiro e droga por imagens de menores em poses sexuais. Mais tarde, tentava marcar encontro com os jovens, com idades entre os 12 e os 14 anos, para a prática de sexo.

Joaquim Almeida, solteiro, residia em Ferreira do Alentejo. A população ficou chocada quando o homem, que não levantava qualquer suspeita, foi detido pelos inspetores da PJ.

Na audiência de ontem, o arguido foi ouvido pelo coletivo de juízes e negou a prática dos crimes. Foi ainda ouvida uma das vitimas e o patrão do arguido, que na altura da detenção trabalhava num posto de combustível.

A próxima sessão está marcada para dia 5 de março.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)