Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Condutor sem carta foge à PSP durante 7 quilómetros e em contramão no Porto. Veja as imagens da detenção

Homem foi acusado de condução perigosa, dano qualificado e condução sem habilitação legal.
Nelson Rodrigues 1 de Novembro de 2020 às 09:45
A carregar o vídeo ...
Homem foi acusado de condução perigosa, dano qualificado e condução sem habilitação legal.
Sem carta de condução, o homem, de 35 anos, ignorou a ordem de paragem dos agentes da PSP que faziam uma operação de fiscalização na rotunda AEP, no Porto, na noite de 28 de abril deste ano. Fugiu a alta velocidade e conduziu de forma perigosa pela VCI durante cinco quilómetros. Dirigiu-se depois para a baixa da cidade e entrou em contramão no túnel de Faria Guimarães. Fez dois quilómetros em sentido contrário até embater num carro da Polícia Municipal - o qual destruiu e cujos prejuízos são superiores a 10 mil euros.

Mas mesmo após o embate, o arguido não se entregou. Saiu do carro e fugiu a pé durante cerca de 50 metros, até ser detido pelos agentes da PSP. O homem, que está em prisão preventiva, foi acusado de condução perigosa, dano qualificado e condução sem habilitação legal. Vai ser julgado em breve no tribunal de S. João Novo, no Porto.

Diz o processo que os agentes que estavam na viatura da Polícia Municipal apenas não sofreram ferimentos uma vez que ao se aperceberam da velocidade excessiva em que circulava o arguido, resolveram sair do carro. A acusação explica ainda que na VCI, o homem efetuou várias ultrapassagens, sem acionar os sinais luminosos de mudança de manobra. Já no túnel, vários carros necessitaram de efetuar desvios repentinos para evitar o embate frontal.

No primeiro interrogatório, o arguido ficou em prisão domiciliária mas não cumpriu a medida de coação, tendo sido apanhado em flagrante a furtar.
PSP Polícia Municipal Faria Guimarães AEP Porto crime lei e justiça polícia
Ver comentários