Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Explosão e fogo em fábrica causam susto em Felgueiras

Moradores aconselhados a deixar casas, a retirar os carros estacionados e a fechar janela. Fogo destruiu cerca de 75% da fábrica de reciclagem.
Nelson Rodrigues e Aureliana Gomes 17 de Junho de 2018 às 01:30
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Fogo em fábrica de Felgueiras
Quando os bombeiros chegaram à fábrica de reciclagem, este sábado de manhã, em Caramos, Felgueiras, as chamas e o fumo intenso já eram visíveis a sair pelo telhado, portas e janelas. Uma vez que se trata de uma zona habitacional, a principal preocupação das autoridades foi proteger as casas. Os moradores foram aconselhados a sair, a retirar os carros estacionados na rua e a trancar as janelas. O fogo destruiu cerca de 75% da empresa.


"Ouvi uma explosão e depois muita gente a berrar. Muitos gritos, muito pânico. As pessoas que vivem aqui ficaram em choque com isto. Algumas foram medicadas e assistidas devido à aflição", descreveu ao CM Rita Costa, a moradora que deu o alerta ao INEM.

Para proteger as habitações localizadas mesmo em frente à fábrica - que acumulava toneladas de borracha -, os bombeiros lançaram água para os telhados das mesmas, assim como para os jardins. "Foi tudo molhado porque havia o perigo do fogo chegar às casas. O medo das pessoas era esse ou que houvesse uma nova explosão", referiu a mesma testemunha.

Devido ao contacto direto com o fumo e as chamas, no combate ao incêndio, um bombeiro necessitou de receber oxigénio da parte do INEM. As chamas foram dadas como dominadas por volta das 14h00. Os trabalhos de rescaldo prolongaram-se durante todo o restante dia. No local estiveram 91 elementos dos bombeiros e GNR, apoiados por 26 viaturas.
Caramos Felgueiras Rita Costa INEM GNR bombeiro acidentes e desastres incêndios explosão fábrica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)