Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Fundação 'O Século' pagou gastos de ex-presidente em casas de strip

Contas da fundação mostram despesas suspeitas de Emanuel Martins.
1 de Agosto de 2018 às 20:22
Emanuel Martins, na altura em que presidia à Fundação 'O Século'
Emanuel Martins, presidente da Fundação 'O Século'
Emanuel Martins, presidente da Fundação 'O Século' investigado
Emanuel Martins, na altura em que presidia à Fundação 'O Século'
Emanuel Martins, presidente da Fundação 'O Século'
Emanuel Martins, presidente da Fundação 'O Século' investigado
Emanuel Martins, na altura em que presidia à Fundação 'O Século'
Emanuel Martins, presidente da Fundação 'O Século'
Emanuel Martins, presidente da Fundação 'O Século' investigado

A análise aos movimentos bancários de Emanuel Martins, o ex-presidente da Fundação 'O Século' que se demitiu depois de ser constituído arguido numa investigação em que é suspeito de abuso de poder e peculato, revela gastos insólitos. A revista Visão avança que  o dirigente terá usado os cartões de crédito da instituição para pagar clubes noturnos, incluindo casas de strip-tease, hotéis e consumos de cerca de dez mil euros em downloads na loja online  iTunes.

Segundo a revista, estes gastos estão a a ser investigadas pelo Ministério Público.

Emanule Martins justifica os gastos à revistas: "Fiz sempre o que achei que era melhor para a Fundação. Já disse ao Ministério Público o que tinha a dizer sobre essas despesas. Tenho a certeza de que aquilo que gastei não foi para me servir a mim, mas para servir a Fundação. O resto foram despesas que assumi e que deveriam ter sido refletidas nas contas, se elas não estivessem atrasadas."

Ministério Público Visão Fundação gasots hóteis clubes noturnos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)