Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Homem proibido de se aproximar da ex-mulher após acusações de violência doméstica

Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR recebeu uma denúncia a relatar violência física e psicológica.
L.O. 28 de Agosto de 2019 às 09:17
Homem proibido de se aproximar da ex-mulher após acusações de violência doméstica
GNR
Homem proibido de se aproximar da ex-mulher após acusações de violência doméstica
GNR
Homem proibido de se aproximar da ex-mulher após acusações de violência doméstica
GNR
Um homem de 33 anos foi detido pela GNR da Guarda por violência doméstica exercida sobre a ex-mulher, de quem já está separado.

O Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR recebeu uma denúncia na semana passada a relatar que o homem exercia violência física e psicológica sobre a ex-companheira, de 31 anos. Recolheram provas e, com mandado, avançaram para a detenção.

O agressor foi presente a um juiz do Tribunal Judicial de Celorico da Beira que o obrigou a fazer um tratamento à dependência do álcool e o proibiu de se aproximar a menos de dois quilómetros da vítima, localização que será controlado através de uma pulseira eletrónica.

Com as mesmas medidas de coação ficou outro homem de 49 anos, que também foi detido pela GNR por suspeita de exercer violência física e psicológica sobre a mulher, com a mesma idade, numa aldeia do concelho de Meda.
GNR Guarda questões sociais maus-tratos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)