Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Mensagens de telemóvel entre membros dos No Name Boys revelam ataque a autocarro do Benfica

Ataque à pedrada ao autocarro do clube feriu dois jogadores.
Miguel Curado 24 de Setembro de 2021 às 08:53
Zivkovic e Weigl feridos
Zivkovic e Weigl feridos FOTO: SL Benfica
Um comissário da Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa explicou esta quinta-feira no Tribunal de Sintra como mensagens de telemóvel (SMS) intercetadas a membros da claque não oficial do Benfica No Name Boys, que estão ser julgados por vários crimes, revelaram a preparação do ataque à pedrada ao autocarro do clube e que feriu dois jogadores.

Tiago Mota adiantou que as mensagens levaram à acusação dos arguidos que respondem por esse ataque, ocorrido a 4 de junho de 2020, na autoestrada do Sul (A2). Outros dois arguidos prestaram esta quinta-feira depoimento, negando pertencer à claque. No total, estão a ser julgados 31 arguidos.
Tribunal de Sintra No Name Boys Benfica crime lei e justiça julgamentos ataque violência
Ver comentários