Observatório UMAR regista 28 mulheres assassinadas em 2018

Desde o início de 2019, onze mulheres já morreram vítimas de violência doméstica.
Por Lusa|18.02.19
  • partilhe
  • 4
  • +
A União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) registou 28 casos de mulheres assassinadas em 2018, mais oito do que no ano anterior, de acordo com dados hoje divulgados.

"O contexto desta vitimação foi a intimidade, presente ou passada, ou relações familiares próximas", lê-se no relatório do Observatório das Mulheres Assassinadas, trabalho realizado com base nas informações transmitidas pela comunicação social.

A UMAR destaca, por isso, que sem dados oficiais não é possível uma leitura de toda a realidade.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!