Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Prostituta morta com 53 facadas

Cliente descontente com serviço sexual de Telma Messias.
Miguel Curado 11 de Outubro de 2017 às 01:30
Yves Chanal foi preso dois meses depois de ter matado Telma Messias com 53 facadas. Confessou o crime
Buscas recuperaram telemóvel da vítima
Yves Chanal foi preso dois meses depois de ter matado Telma Messias com 53 facadas. Confessou o crime
Buscas recuperaram telemóvel da vítima
Yves Chanal foi preso dois meses depois de ter matado Telma Messias com 53 facadas. Confessou o crime
Buscas recuperaram telemóvel da vítima
Dois meses depois de ter assassinado a portuguesa Telma da Silva Messias com 53 facadas, na Passagem de Ano de 2014 para 2015, deixando o corpo em decomposição dentro de um apartamento de Epinal – cidade do nordeste de França –, Yves Chanal, de 36 anos, foi preso pela polícia local.

Começou ontem a ser julgado e justificou o crime, que confessa, com o desagrado que sentiu relativamente ao serviço de prostituição prestado pela vítima.

Na primeira sessão de julgamento, decorrida no tribunal de Epinal, o arguido descreveu aos magistrados aquilo que já tinha avançado durante a fase de inquérito, em que, preso, participou numa reconstituição do crime. Yves Chanal disse ter contratado os serviços da prostituta Telma Messias, de 44 anos.

Depois de pagar 150 euros à mulher, teve desta a garantia de que teria direito a uma hora de sexo. No entanto, e segundo a descrição feita pelo arguido, a portuguesa disse querer ir-se embora 10 minutos depois de o ‘serviço’ ter começado.

Enfurecido, o arguido francês pegou numa faca de cozinha e golpeou a portuguesa 53 vezes, matando-a. O cadáver de Telma Messias foi deixado no apartamento, coberto por lençóis ensanguentados. Só a 10 de janeiro de 2015 é que o cheiro do corpo levou à chamada da polícia e à descoberta do homicídio.

Preso em março do mesmo ano, Yves Chanal deverá conhecer a sentença já amanhã. Arrisca prisão perpétua.

Telma Messias exercia prostituição naquela zona de França há cerca de um ano. Deixou 3 filhos menores.
Telma da Silva Messias Passagem Passagem Ano Yves Chanal França julgamentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)