Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Mulher acusa polícia de agressões no Carnaval. Veja as imagens

Nas imagens é visível a realização de pelo menos um disparo de arma de fogo para o ar.
Miguel Curado 24 de Fevereiro de 2020 às 14:55
A carregar o vídeo ...
VideoCM1.mp4

A PSP de Lisboa está a investigar um vídeo que anda a circular nas redes sociais, e que mostra um grupo de 6 a 8 agentes a intervir numa aparente festa de carnaval, ocorrida na madrugada desta segunda-feira na zona do Cais de Sodré.

Nas imagens é visível a realização de pelo menos um disparo de arma de fogo para o ar, feito por um dos polícias.

Vários intervenientes na filmagem acusam a PSP de aparente excesso de violência.

Nas redes sociais é referido que duas mulheres, ambas brasileiras, terão mesmo sido agredidas pelos agentes policiais.

O CM já contactou fonte oficial do Comando da PSP de Lisboa, que promete para a tarde de hoje mais esclarecimentos sobre esta intervenção policial.



PSP admite uso da força para deter mulher no Cais do Sodré em Lisboa
A PSP admitiu esta segunda-feira que teve de recorrer ao uso da força para deter uma mulher suspeita de integrar um grupo que causou distúrbios no domingo na zona do Cais do Sodré, em Lisboa.

Em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis) explica que o grupo em que se integrava esta mulher provocou desacatos e distúrbios junto ao estabelecimento de bebidas "Boteco da Dri", na Rua da Cintura do Porto.

"À chegada ao local, os polícias depararam-se com um grupo numeroso de pessoas que ocupava a totalidade da rua e impedia a circulação de viaturas, abanando e trepando para cima daquelas que, ainda assim, tentavam passar", refere a nota.

Comando da PSP de Lisboa Cais de Sodré Lisboa polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)