Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Viúvo alcoolizado ameaça militares da GNR

Homem apanhado a conduzir bêbedo duas vezes na mesma noite, em Santa Maria da Feira.
Francisco Manuel 15 de Agosto de 2019 às 11:30
Viúvo alcoolizado ameaça militares da GNR
GNR
GNR
GNR
Viúvo alcoolizado ameaça militares da GNR
GNR
GNR
GNR
Viúvo alcoolizado ameaça militares da GNR
GNR
GNR
GNR
Intercetado pela patrulha da GNR quando conduzia o automóvel na EN1, em S. João de Ver, Santa Maria da Feira, com uma taxa de alcoolemia de 3,18 g/l, Rodrigo Paiva Moreira reagiu mal à detenção, no sábado à noite. E no posto da GNR de Lourosa ameaçou atropelar e matar cada um dos militares.

O homem de 53 anos, viúvo e desempregado, foi notificado de que não poderia conduzir nas 12 horas seguintes e que o automóvel não poderia circular porque também não tinha seguro. Apesar da advertência, voltou ao volante e, pelas 03h00 de domingo, foi apanhado por outra patrulha, de novo a conduzir, na rua Central, também em S. João de Ver.

Rodrigo Moreira foi presente a tribunal, na segunda-feira, e pediu prazo para preparar a defesa. Regressará a tribunal no dia 28 para ser julgado nos processos de condução sob o efeito de álcool e de ameaças aos militares da GNR. No dia seguinte, terá de se apresentar novamente para ser julgado, desta vez pelo crime de desobediência, por ter voltado a conduzir, sob o efeito de álcool, o carro que não tinha seguro, quatro horas depois de ter sido detido pela primeira vez.

O viúvo, residente na freguesia de Romariz, no concelho de Santa Maria da Feira, é apontado como uma pessoa conflituosa e muito agressiva. Rodrigo Moreira é suspeito de ter incendiado o automóvel de um homem com quem se desentendeu há alguns meses. Está também indiciado em vários processos de injúrias e ameaças a agentes da autoridade.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)