1079 médicos especialistas prontos para exercer

Entre os mais de mil recém-especialistas há 340 médicos de família. Esperam por abertura de concurso para entrarem ao serviço.
Por Sónia Trigueirão|15.06.18
São 1079 os médicos que acabaram a especialidade este ano e que agora têm de esperar que os ministérios das Finanças e da Saúde abram concursos para serem colocados nas unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS).
Nesta lista de espera e já com a especialidade homologada em maio deste ano, estão 340 médicos de família e 739 clínicos hospitalares. Destes, há 161 especialistas em medicina interna, 48 em cirurgia geral, 45 em psiquiatria, 43 em pediatria, 39 em ortopedia, 27 em gastrenterologia e 26 em ginecologia /obstetrícia.

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) teme que este ano aconteça o mesmo que em 2017. No ano passado, os recém-especialistas, cerca de 700, tiveram de esperar mais de 10 meses por concursos e, quando foram abertos, já no decorrer deste ano, ficaram mais de 100 vagas por preencher.

Ao CM, Jorge Roque da Cunha, secretário-geral do SIM, explica que "quando os concursos aparecem já muitos destes recém-especialistas foram contratados para o privado ou emigraram".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!