Steve Jobs era um pai distante e cruel

Filha do fundador da Apple lança livro em que descreve a difícil relação com o progenitor, que chegou a rejeitar ser seu pai.
29.08.18
Um novo livro promete passar em revista o lado mais pessoal de Steve Jobs, o polémico fundador da Apple. 

"Small Fry" deverá chegar às bancas muito brevemente e é uma autobiografia da sua filha mais velha, Lisa Brennan-Jobs. Na obra, a filha do inventor confirma que o pai não quis, inicialmente, assumir a paternidade, tendo sido obrigado pelo tribunal a pagar uma pequena pensão de alimentos. 

"Em depoimento, jurou que era estéril", confessa Lisa, que assume que o pai também lhe chegou a garantir que nada receberia caso morresse. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!