Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
6

RTP quer aumentar imposto

Além da subida da taxa paga na fatura da eletricidade, estação quer mais publicidade.
Sónia Dias e Hugo Real 14 de Setembro de 2018 às 01:30
Gonçalo Reis,  presidente  do conselho de administração  da RTP
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis,  presidente  do conselho de administração  da RTP
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis,  presidente  do conselho de administração  da RTP
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
Gonçalo Reis
O presidente da RTP defendeu, esta quinta-feira, o aumento da contribuição sobre o audiovisual (CAV), que financia a RTP e que é cobrada mensalmente na fatura da eletricidade aos consumidores (cerca de 3,02 euros mensais). Em entrevista ao ‘Público’ e, mais tarde, em audiência parlamentar, Gonçalo Reis frisou que Portugal "tem a CAV mais baixa" a nível europeu.

"A RTP tem tido um equilíbrio económico raríssimo. Tem acrescentado serviço público, com canais na TDT, os arquivos históricos online, o apoio ao cinema e à produção independente... Temos cumprido e temos feito ainda mais, mas temos uma CAV mais baixa", disse o responsável, adiantando que "ao Estado caberá ajustar o imposto de acordo com a inflação, tal como a lei estipula".

Além do aumento da CAV, Gonçalo Reis também defende uma mudança de paradigma na publicidade, com a RTP 3 e a RTP Memória a passarem a ter publicidade na TDT (já a têm no cabo). "É o momento adequado para ponderar por que é que os canais da RTP têm uma exceção negativa", disse. "Não devemos ter publicidade, mas queremos mais receita. A RTP deve ter publicidade. O mercado e os próprios anunciantes precisam disso", acrescentou.

Questionado, o Ministério da Cultura, que tem a tutela da RTP, diz que não se "pronuncia sobre qualquer matéria de natureza orçamental."

SAIBA MAIS
45,7
milhões de euros foi quanto a contribuição sobre o audiovisual rendeu à RTP entre janeiro e março, o que representa um aumento de 3,9 milhões de euros, mais de 9,3% do que no mesmo período do ano transato. A empresa pública recebeu, em média, mais de 15 milhões por mês da CAV, ou seja, mais de meio milhão de euros por dia.

Na TDT sem publicidade
A RTP 3 e a RTP Memória na TDT não podem ter publicidade. Assim o determina uma resolução do Governo publicada em Diário da República a 23 de junho de 2016. O "alargamento desta oferta não deve pôr em causa a
sustentabilidade da oferta assegurada pelos operadores
privados", refere a resolução.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)