Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Terrorista trabalhou cinco anos no aeroporto

Laachraoui trabalhou em Zaventem até 2012.
Lusa 21 de Abril de 2016 às 12:38
Najim Laachraoui fez-se explodir no aeroporto de Zaventem
Najim Laachraoui fez-se explodir no aeroporto de Zaventem FOTO: Belgian Federal Police/Reuters
Najim Laachraoui, um dos dois terroristas que se fizeram explodir no aeroporto de Zaventem, em Bruxelas, nos atentados de 22 de março, na Bélgica, trabalhou na infraestrutura aeroportuária durante cinco anos, noticiou hoje a imprensa belga.

Segundo a cadeia de televisão VTM, Laachraoui trabalhou no aeroporto de Bruxelas até 2012 com contratos temporários numa empresa que aí labora, o que pressupõe, refere a estação, que o terrorista estava "bem informado" sobre os procedimentos de segurança.

No entanto, acrescenta a VTM, desconhecem-se ainda os motivos pelos quais Laachraoui se radicalizou, embora o diário belga Standaard, também na edição de hoje, tenha avançado que o terrorista viajou para a Síria depois de deixar de trabalhar no aeroporto.

Nem a polícia nem as autoridades do aeroporto de Zaventem prestaram quaisquer declarações sobre o assunto.

O terrorista, segundo a VTM, também trabalhou dois meses, em 2009 e 2010, como funcionário de limpeza no Parlamento Europeu (PE).

Os atentados de Bruxelas, no aeroporto de Zaventem e na estação de metro de Maelbeek provocaram 35 mortos e mais de 300 feridos.    


  

Najim Laachraoui Zaventem Bruxelas Bélgica atentados
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)