Novo disco de Salvador Sobral tem som "mais maduro" criado com "imensos amigos"

"Eu fui o primeiro a vencer [a Eurovisão], mesmo que ganhem mais 50 gajos eu fui o primeiro", disse ainda.
16.03.19
  • partilhe
  • 0
  • +
O segundo álbum de Salvador Sobral, "Paris, Lisboa", a ser editado a 29 de março e no qual o cantor continua "à procura", apresenta um som "mais maduro", com várias influências e a participação de "imensos amigos".

"Os músicos são basicamente os mesmos, o som da banda é o mesmo, mas, se quiseres, um bocadinho mais maduro", afirmou o cantor em entrevista à Lusa.

O álbum, cujo título é, em parte, uma homenagem a "Paris, Texas", de Wim Wenders, o "filme preferido" de Salvador Sobral, é um "disco de influências", mas também um disco no qual o cantor continua "à procura".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!