Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Benfica multa Ruben Amorim

Ruben Amorim deve ser multado pelo Benfica, devido a declarações que proferiu no âmbito da Selecção Nacional, mas que visaram o técnico Jorge Jesus. "Ainda bem que Paulo Bento não pensa como Jorge Jesus", disse o jogador, congratulando-se pela sua chamada à equipa das quinas, para as partidas com a Islândia (hoje), e a Dinamarca (terça-feira).
7 de Outubro de 2011 às 01:00
Jorge Jesus não gostou que as suas opções no Benfica fossem criticadas por Ruben Amorim
Jorge Jesus não gostou que as suas opções no Benfica fossem criticadas por Ruben Amorim FOTO: Lusa

O CM sabe que tal declaração começou por ser desvalorizada e que nas águias muitos dirigentes entenderam que a frase foi descontextualizada, e que o futebolista apenas queria destacar o gesto de Paulo Bento, que o convocou mesmo sem estar a jogar no seu clube.

Contudo, as palavras de Ruben Amorim fizeram mesmo mossa no visado. Jorge Jesus não gostou do que ouviu e o polivalente jogador arrisca-se agora a ter de abrir os cordões à bolsa.

O CM apurou que Ruben Amorim, 26 anos, se limitou a dar largas a uma insatisfação bem conhecida no seu círculo restrito de amigos. A própria família do jogador, aliás, não se conforma com a pouca utilização do nº 5 dos encarnados e tem criticado o treinador, "por não o estar a aproveitar". Entende, inclusive, que o internacional luso "nada deve a Matic ou a Javi García e tem lugar na equipa do Benfica".

Ruben Amorim é médio defensivo de raiz, mas pode jogar como lateral-direito ou médio-ala direito, e nas poucas oportunidades de que desfrutou, foi nessas posições que foi utilizado. Ao fim de sete anos no Belenenses, Amorim chegou ao Benfica em 2008/09.

ANDRADE VALE 50 MILHÕES

O brasileiro Victor Andrade, conhecido no Brasil como o ‘novo Neymar', não ficou no Benfica na época 2007-2008 por uma questão de verbas a pagar aos pais do jogador. O avançado (16 anos) despertou o interesse das águias em torneios realizados pelo clube da Luz no Algarve e Aveiro. Na altura, o jovem tinha apenas 12 anos e os pais, Jorge e Cristiane, estavam separados. Para ficar com o jogador, o clube tinha de assegurar contratos de trabalho a ambos e respectivos conjugues.

O Santos, no entanto, foi mais rápido, apresentou-lhes uma proposta irrecusável e levou Victor, que assinou um contrato milionário, com uma cláusula de rescisão de 50 milhões de euros, mais cinco milhões do que a de Neymar.

JESUS BENFICA RUBEN AMORIM ANDRADE MULTA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)