Continuidade de Bruno de Carvalho leva PSP a reforçar final da Taça

Sporting defronta o Desportivo das Aves este domingo no Jamor.
Por Miguel Curado|18.05.18
Continuidade de Bruno de Carvalho leva PSP a reforçar final da Taça
Estádio Nacional, no Jamor Foto Jorge Paula

O anúncio da continuidade de Bruno de Carvalho na presidência do Sporting levou a PSP a repensar o policiamento da final da Taça de Portugal em futebol, que no domingo irá opor a equipa leonina ao Desportivo das Aves no Estádio Nacional.

O CM sabe que mal terminou a conferência de imprensa dada pelo Conselho Diretivo do Sporting, responsáveis do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (que tutela a Divisão de Oeiras, responsável pela segurança no Parque Desportivo do Jamor) reuniram para reforçar o efetivo empenhado para garantir a segurança do jogo de domingo.

O receio de confrontos nas imediações e no interior do Estádio do Jamor vai levar a PSP a apostar na presença de efetivos da Unidade Especial de Polícia (UEP), com especial enfoque no Corpo de Intervenção e do Grupo Operacional Cinotécnico.

A PSP estima que pelo menos 30 mil adeptos do Sporting (incluindo claques), se deslocarão ao encontro do Estádio Nacional.

A ideia é pois evitar possíveis confrontos de adeptos pró e contra a permanência de Bruno de Carvalho nas imediações do recinto, impedindo igualmente a entrada de armas e engenhos pirotécnicos para o interior do Estádio.

Recorde-se que, pelas 16h00 desta sexta-feira, precisamente no relvado do Jamor, a PSP tem prevista uma conferência de imprensa para apresentar o esquema de policiamento do desafio entre o Sporting e o Desportivo das Aves.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!