Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Tribunal recusa-se a prender pirata Rui Pinto

Domiciliária mantém-se contra vontade do Ministério Público.
Daniela Polónia e Tânia Laranjo 14 de Fevereiro de 2019 às 08:47
Rui Pinto
Rui Pinto, de 30 anos, vive há cinco anos em Budapeste, capital da Hungria. Foi nessa cidade que acabou por ser detido pelas autoridades
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto, de 30 anos, vive há cinco anos em Budapeste, capital da Hungria. Foi nessa cidade que acabou por ser detido pelas autoridades
Rui Pinto
Rui Pinto
Rui Pinto, de 30 anos, vive há cinco anos em Budapeste, capital da Hungria. Foi nessa cidade que acabou por ser detido pelas autoridades
Rui Pinto
O tribunal de segunda instância húngaro rejeitou mandar o pirata informático Rui Pinto para prisão preventiva e manteve-o em prisão domiciliária.

Em causa estava o recurso do Ministério Público da Hungria, que pretendia que o português aguardasse na cadeia a decisão sobre o processo de transferência para Portugal.

Segundo o acórdão, o tribunal considera que o risco de fuga é mínimo e explica que Rui Pinto, suspeito de roubar os emails do Benfica, vive no mesmo apartamento em Budapeste desde maio de 2017.

Acrescenta ainda que o pirata informático tem usado a identidade verdadeira, nomeadamente para fazer o aluguer dessa casa. Para a defesa do português, Rui Pinto deveria ficar sujeito apenas à medida mínima, ou seja, ficar em liberdade, mas proibido de sair da capital da Hungria.

A decisão do tribunal de segunda instância de manter a prisão domiciliária - decretada a 18 de janeiro - foi tomada há uma semana mas só ontem os advogados foram notificados. Logo após a detenção de Rui Pinto, a defesa afirmou que é contra a transferência para Portugal, por considerar que o julgamento não seria justo.

O mesmo foi manifestado pelo pirata informático, em entrevista recente à revista alemã ‘Der Spiegel’. A decisão tem agora de ser tomada até 18 de março.

Rui Pinto foi detido em Budapeste na sequência de um mandado de detenção europeu relacionado com a tentativa de extorsão à Doyen Sports.

Entretanto, já admitiu a ligação ao Football Leaks, plataforma online onde foram revelados milhões de documentos relacionados com o futebol.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)