Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Octávio Machado reage a rival na guerra dos árbitros

Dirigente diz que Rui Costa foi capaz de dar o peito às balas.
Nuno de Sousa Moreira 26 de Novembro de 2015 às 08:45
Jorge Jesus voltou a ser defendido por Octávio Machado, diretor-geral de futebol do Sporting
Jorge Jesus voltou a ser defendido por Octávio Machado, diretor-geral de futebol do Sporting FOTO: Paulo Calado

"O objetivo do Benfica é influenciar as arbitragens para os próximos jogos, mas nós não podemos deixar passar estes truques de ilusionismo". A afirmação foi feita esta quarta-feira por Octávio Machado, diretor-geral de futebol do Sporting, em resposta às palavras de João Gabriel. Entrevistado pelo jornal ‘A Bola’, o responsável máximo pela comunicação dos encarnados disse que o clube de Alvalade está a ser beneficiado pela arbitragem: "Os árbitros deixaram-se condicionar ao ponto de errarem a favor do Sporting".

As críticas de Octávio Machado não ficaram por aqui. Em Moscovo, onde o Sporting joga esta quinta-feira (18h00, SIC) diante do Lokomotiv, em encontro da quinta jornada do Grupo H da Liga Europa, o dirigente leonino desvalorizou o papel de João Gabriel e da estrutura do clube da Luz. "Só posso felicitar mesmo o Rui Costa, que é o único homem de futebol do Benfica, e que saiu em defesa do treinador [Rui Vitória]. Fez bem. Deu o peito às balas, já que ninguém mais o faz por lá. Os outros nem costumam andar no campo", disse, acrescentando que o Sporting "nunca se queixou do comportamento dos adversários".

Já sobre Jorge Jesus, Octávio Machado lança novo ataque ao Benfica, ex-clube do atual treinador do Sporting: "Há pessoas que se deitam e acordam a pensar nele."

Benfica Octávio Machado Sporting João Gabriel Alvalade Moscovo Grupo H da Liga Europa Jorge Jesus Rui Vitória
Ver comentários