Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

"Ganhar é sempre é bom", diz Fabiano Soares

Treinador do Estoril-Praia espera um Marítimo "perigoso".
Lusa 30 de Abril de 2016 às 14:24
Para o treinador do Estoril-Praia os seus desejos para 2016 são "mais vitórias do que derrotas"
Para o treinador do Estoril-Praia os seus desejos para 2016 são 'mais vitórias do que derrotas' FOTO: Miguel Barreira
O treinador do Estoril-Praia disse este sábado que espera um Marítimo "perigoso" no encontro de domingo, da 32.ª jornada da I liga de futebol, para o qual pediu o apoio dos adeptos para alcançar mais uma vitória.

"Espero um adversário perigoso com grandes jogadores. Já estão numa final [Taça da Liga]. Foi sempre uma equipa com grandes jogadores. Vai ser um jogo complicado, mas, mais do que nunca, precisamos de ajuda dos nossos adeptos para nos empurrarem para algum momento em que possamos ganhar o jogo e somar mais três pontos", afirmou Fabiano Soares, em conferência de imprensa.

O Estoril-Praia soma dois jogos sem perder, depois da vitória caseira frente ao Boavista (1-0) e do empate (1-1) na visita ao Vitória de Setúbal, e o técnico ambiciona regressar aos triunfos para conseguir um bom final de campeonato.

"Ganhar é sempre é bom. É a chave de tudo. Jogas com mais tranquilidade, respira melhor, não há caras feias. Na verdade, trabalha-se melhor. Ganhar é sempre o remédio para tudo e não será diferente amanhã [domingo]. Se ganharmos vamos ficar felizes e terminar a temporada o melhor possível", frisou.

Apesar de querer vencer, o treinador brasileiro antevê dificuldades na constituição da equipa.

"Temos jogadores muito importantes que não vão jogar. Tenho confiança nos demais e vamos montar uma equipa forte. Mas com a ajuda dos nossos adeptos vamos tentar vencer um adversário muito forte", sublinhou.

O técnico desvalorizou o objetivo de conquistar uma vaga na Liga Europa, a favor de alcançar "o maior número de pontos possível".

"Penso sempre que matematicamente é claro que podemos. Mas quero pensar que o importante é somar o maior número de pontos possível e no final fazer um balanço. Amanhã [domingo] é uma possibilidade que temos. Sabemos que o jogo é bastante complicado, diante uma equipa que é sempre forte. Como disse, espero o apoio dos adeptos para conseguir com a ajuda deles uma vitória que seria muito importante para nós", vincou.

O treinador brasileiro acabou por também fazer um balanço da temporada, na qual a partir de janeiro considerou existir um maior rendimento do plantel.

"Fizemos uma boa pré-temporada. Depois houve problemas de lesões e de organização, porque em alguns momentos só tínhamos 14 ou 15 jogadores. Perdemos em organização, em intensidade, porque os jogadores titulares acomodam-se se não têm substitutos. Em janeiro, com a abertura do mercado, a Traffic fez um esforço e os que estavam a jogar deram um pouco mais e os que não estavam assumiram o seu posto também. Houve uma melhoria no rendimento, apenas isso", reiterou.

O Estoril-Praia, oitavo classificado com 43 pontos, recebe o Marítimo, 12.º com 35, no domingo, a partir das 16h00, num encontro que vai ser dirigido por Carlos Xistra, da associação de Castelo Branco.
Treinador do Estoril-Praia Fabiano Soares Vitória de Setúbal desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)