Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Casos de coronavírus disparam na Rússia

País ultrapassa França e Alemanha e já é o quinto com mais casos em todo o Mundo.
Ricardo Ramos 8 de Maio de 2020 às 08:27
Coronavírus na Rússia
Coronavírus na Rússia FOTO: Reuters
O número de casos de coronavírus disparou na Rússia nos últimos dias, com o país a ocupar já o quinto lugar na lista dos países com mais infetados em todo o Mundo.

Só nas últimas 24 horas, a Rússia registou o número-recorde de 11 231 novos casos de Covid-19, elevando o total para 177 160 contagiados e ultrapassando de uma só vez a França e a Alemanha na lista dos países com mais infetados.

O número de mortes continua relativamente baixo, 1625, o que está a levantar dúvidas entre a oposição. Mais de metade dos casos (92 676) foram registados em Moscovo, cujo presidente da câmara, Sergei Sobyanin, aliado do PR Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que o número real de casos na cidade "pode ser três vezes superior", ou seja, acima de 300 mil.

Apesar de tudo, a capital russa planeia começar a levantar algumas medidas de confinamento já na segunda-feira.

PORMENORES
EUA oferecem ajuda
O presidente norte-americano, Donald Trump, ofereceu esta quinta-feira ajuda médica à Rússia para ajudar a enfrentar a pandemia causada pelo novo coronavírus. A oferta foi feita durante uma conversa telefónica com o homólogo russo, Vladimir Putin, na qual os dois líderes abordaram ainda a crise nos mercados petrolíferos e discutiram um possível tratado de controlo de armas com a China.

Presidente protegido
Desde o início da pandemia que Vladimir Putin está resguardado na sua residência de Novo-Ogaryovo, nos arredores de Moscovo, conduzindo o país por videoconferência. Os poucos assessores que trabalham com ele são constantemente submetidos a testes para garantir que não contagiam o presidente.

MUNDO EM PORTUGUÊS
Bolsonaro pressiona supremo para reabertura
Jair Bolsonaro foi esta quinta-feira ao Supremo Tribunal Federal pedir ajuda para acabar com as medidas de confinamento. A pé e acompanhado por ministros e empresários, Bolsonaro atravessou a praça dos Três Poderes para informar o líder do Supremo, Dias Toffoli, de que vai assinar um decreto ampliando o número de categorias profissionais consideradas essenciais, o que, na prática, autoriza o regresso ao trabalho de boa parte da população.

89 novos casos e primeiro-ministro curado na Guiné-Bissau
A Guiné-Bissau registou esta quinta-feira 89 novos casos positivos de coronavírus, fazendo subir o total para 564 contagiados em todo o país. O primeiro-ministro, Nuno Nabian, anunciou, entretanto, estar curado da infeção por Covid-19 e pediu aos guineenses para levarem o vírus a sério. "Passei por um mau bocado", admitiu, adiantando que se curou com uma medicação baseada na medicina convencional e caseira, incluindo chá de alho, gengibre e limão.

27 novos infetados em Cabo Verde
As autoridades de Saúde de Cabo Verde anunciaram esta quinta-feira 27 novos casos de Covid-19, todos na Cidade da Praia, elevando para 218 o total de casos no país. A ilha de Santiago, onde fica situada a capital cabo-verdiana, continua a ser a mais afetada, com 159 casos, seguindo-se a Boavista com 56 e São Vicente, com 3.

90% de assintomáticos em São Tomé
São Tomé e Príncipe registou esta quinta-feira 13 novos casos de Covid-19, fazendo subir para 200 o número de pessoas infetadas no país. Desses 200 casos, cerca de 90% são assintomáticos, informaram as autoridades de saúde. O PR, Evarista Carvalho, já pediu ajuda à comunidade internacional para instalar um laboratório no país.

VOLTA AO MUNDO
3 mil mortos na Suécia
A Suécia, que não adotou medidas de confinamento tão rígidas como o resto da Europa, atingiu esta quinta-feira os 3040 mortos por Covid-19, aumentando a pressão sobre o governo para reverter a sua polémica estratégia.

Etnias mais afetadas
Um novo estudo realizado no Reino Unido confirmou que negros e pessoas de origem paquistanesa, indiana ou do Bangladesh são mais afetadas pelo Covid-19 do que os brancos e asiáticos, independentemente do seu estrato social.

Reabertura atrasada
Catalunha e Castela e Leão foram as únicas comunidades autonómicas que não pediram ao governo espanhol para iniciar a Fase 1 do desconfinamento já na próxima segunda-feira. Madrid, apesar do elevado número de casos, quer avançar já.

Desemprego nos EUA
Mais 3,1 milhões de norte-americanos pediram acesso ao subsídio de desemprego na semana passada, elevando para 33 milhões o número de trabalhadores que perderam o emprego ou foram alvo de layoff desde o início da pandemia.

África longe do pico
O pico da pandemia em África só deverá ocorrer dentro de quatro a seis semanas, estimou a diretora regional da Organização Mundial de Saúde, Matshidiso Moeti. Continente registou até agora mais de 51 mil casos e dois mil mortos.

Missas regressam em Itália
Os católicos italianos vão poder voltar à missa a partir de 18 de maio, após o governo e a Igreja terem chegado a um acordo que pôs fim a um braço de ferro de várias semanas. Fiéis terão de manter um metro de distância entre si.

Monumentos reabrem na Grécia
A Acrópole e outros conhecidos locais históricos gregos vão reabrir as portas aos visitantes a partir de 18 de maio, anunciou o governo. Já os museus só poderão abrir em junho, enquanto os espetáculos ao ar livre serão retomados em julho.

Fim dos briefings
O Instituto Robert Koch da Alemanha acabou esta quinta-feira com os briefings diários sobre a evolução da pandemia, em mais um sinal de confiança das autoridades de que o pior já passou e de que o país está preparado para conviver com o vírus.

Aventais no chão
Centenas de cozinheiros e empregados de mesa estenderam esta quinta-feira os seus aventais no chão na Grand-Place, no centro de Bruxelas, em protesto contra a demora na reabertura de restaurantes, bares e hotéis por causa da pandemia.

Microfone indiscreto
O Supremo Tribunal dos EUA fez história na quarta-feira ao realizar a primeira sessão por conferência telefónica devido à pandemia. Correu tudo bem, exceto o momento em que se ouviu a descarga de um autoclismo...

Mais informação sobre coronavírus AQUI.

MAPA da situação em Portugal e no Mundo.

SAIBA como colocar e retirar máscara e luvas.

APRENDA a fazer a sua máscara em casa.

CUIDADOS a ter quando recebe uma encomenda em casa.

DÚVIDAS sobre coronavírus respondidas por um médico

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)