Sub-categorias

Notícia

Cores da bandeira portuguesa iluminam cidade de São Paulo

Iniciativa tem como objetivo celebrar o Dia de Portugal.

Numa homenagem a Portugal e à imensa comunidade portuguesa que a desbravou e ainda hoje tem um peso muito significativo, a maior cidade do Brasil, São Paulo iluminou-se na noite deste sábado com as cores da bandeira portuguesa.

Pontos turísticos, monumentos, museus e importantes edifícios públicos receberam uma iluminação especial nas cores vermelho e verde, que se repetirá este domingo à noite assim como na noite de segunda-feira para terça-feira de forma a comemorar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

A iniciativa, que acontece pelo segundo ano consecutivo, é uma parceria entre o Consulado-Geral de Portugal em São Paulo, o governo do estado de São Paulo, o governo da cidade de São Paulo e a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Entre outros, foram iluminados com as cores da bandeira portuguesa o Palácio Bandeirantes, sede do governo estadual, o Palácio Nove de Julho, sede da Assembleia Legislativa, o monumento às Bandeiras, o Museu de Arte Sacra, o Museu da Arte Brasileira, o Museu da Casa Brasileira, a Sala São Paulo e a Biblioteca Mário de Andrade.

Este domingo, o 10 de Junho foi assinalado através de várias cerimónias na capital paulista. Numa delas, no Consulado-Geral, duas crianças brasileiras, que acabaram de receber também a nacionalidade portuguesa, hastearam a bandeira de Portugal, e numa outra, junto à Biblioteca Mário de Andrade, na confluência da Avenida São Luíz com a Rua da Consolação, um grupo de portugueses cumpriu a tradição de evocar o Dia de Portugal junto ao busto de Camões.

Nos últimos dias, as casas regionais portuguesas espalhadas por todo o estado de São Paulo e por outros estados do Brasil realizaram festas e cerimónias de forma a assinalar e comemorar o 10 de Junho. Existiram ainda sessões especiais de homenagens a Portugal na Assembleia Legislativa do estado de São Paulo e na Câmara Municipal da cidade de São Paulo.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!