Michael Jackson visto à lupa como predador de menores

Novo documentário mostra Michael Jackson como pedófilo insaciável.
Por Rui Pedro Vieira|17.03.19
Há descrições explícitas de sexo oral, relatos de masturbações e cuecas ensanguentadas, juras de amor e até simulações de casamento. De um lado está Michael Jackson, no pico da fama enquanto ‘rei da pop’, do outro dois homens, na altura pré-adolescentes seduzidos pela fama e atenção do autor de ‘Thriller’.

É esta a base do polémico documentário ‘Leaving Neverland’, que a HBO dividiu em duas partes. Com quatro horas de duração, a obra está a causar ondas de choque um pouco por todo o Mundo. Muitos fãs de Michael Jackson, que morreu a 25 de junho de 2009, aos 50 anos, assumem-se divididos quanto ao legado do artista e multiplicam-se apelos ao boicote às suas canções. A ‘Rolling Stone’ destacou que este documentário "é difícil de ver e ainda mais difícil de ignorar" e "impossível de esquecer".

Clique na imagem para saber mais


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!