Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Paris barricada contra nova onda de violência

Mais de 80 mil polícias mobilizados em todo o país para nova jornada de protesto dos ‘coletes amarelos’.
Ricardo Ramos 8 de Dezembro de 2018 às 01:30
A carregar o vídeo ...
Reportagem da CMTV mostra Paris a preparar-se para protestos dos coletes amarelos
Metro encerrado, lojas barricadas, atrações e museus fechados e eventos desportivos cancelados. Paris é esta sexta-feira uma cidade em estado de sítio antes de mais uma jornada de protesto dos ‘coletes amarelos’, temendo-se a repetição dos motins da semana passada, quando milhares de manifestantes atacaram as forças de segurança, saquearam lojas e vandalizaram monumentos numa explosão de violência sem precedentes.

Mais de 80 mil polícias estão mobilizados em todo o país, mas o dispositivo de segurança mais impressionante foi montado na capital, onde estão previstos os protestos mais violentos apesar do recuo do governo, que no final da semana anunciou o cancelamento do aumento dos combustíveis que esteve na origem da contestação.

"Os protestos das últimas semanas criaram um monstro", admitiu o ministro do Interior, prometendo que a polícia "não terá qualquer tolerância" para com atos violentos.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros aconselhou os portugueses em Paris a evitarem "deslocações desnecessárias" na cidade face ao risco de violência. 

Pelo menos 278 detidos em Paris antes do início da manifestação
Pelo menos 278 pessoas foram este sábado detidas para interrogatório em Paris antes das 08h40 (07h40 de Lisboa) e do início da manifestação dos "coletes amarelos", segundo fonte policial.

As autoridades temem o regresso dos tumultos urbanos em Paris pelo que reforçaram os controlos nas estações e realizaram buscas sistemáticas junto aos locais de concentração.

Os "coletes amarelos" voltam a sair hoje às ruas em Paris, numa ação que levou as autoridades francesas a adotarem múltiplas medidas preventivas, designadamente o reforço policial nas ruas, que envolve o desdobramento de mais de 90 mil agentes.

Indignação com menores algemados
Um vídeo que mostra dezenas de menores algemados pela polícia num liceu de Mantes-La-Joulie, nos arredores de Paris, está a causar indignação em França.

As autoridades defendem-se, afirmando que a ação foi necessária para identificar e deter mais de uma centena de radicais armados com barras de ferro e engenhos incendiários que se infiltraram nos protestos estudantis para atacar as forças de segurança e incendiar viaturas.
Paris Ministério dos Negócios Estrangeiros ministro do Interior política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)