Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Pedro Sánchez recusa decretar estado de emergência em Espanha devido à Covid-19

PM espanhol atira responsabilidade para as autonomias.
Ricardo Ramos 26 de Agosto de 2020 às 01:30
Sánchez admitiu que a situação em Espanha é “preocupante”
Flávio não apresenta sintomas
Sánchez admitiu que a situação em Espanha é “preocupante”
Flávio não apresenta sintomas
Sánchez admitiu que a situação em Espanha é “preocupante”
Flávio não apresenta sintomas
O primeiro-ministro, Pedro Sánchez, recusou esta terça-feira voltar a decretar o estado de emergência em Espanha para conter o ressurgimento da pandemia de Covid-19, deixando essa responsabilidade nas mãos das autonomias.

Com os casos a aumentarem de dia para dia e várias regiões a braços com uma segunda vaga de contágios, Sánchez admitiu que a situação é “preocupante”, mas considerou que deve ser cada região autonómica a assumir a responsabilidade de decretar o regresso ao estado de emergência, medida que permite restringir os movimentos de pessoas e outros direitos fundamentais, o que levou a oposição a acusá-lo de “descartar responsabilidades”.

Falando após a primeira reunião do Conselho de Ministros a seguir às férias, o PM espanhol disponibilizou ainda 2 mil militares para ajudarem no rastreio de possíveis contactos de infetados em todo o país. 

pormenores
Europeus reinfetados
Um paciente holandês e uma doente belga voltaram a ficar infetados com Covid-19 meses depois de terem sido considerados curados da doença, foi esta terça-feira revelado. Em ambos os casos, foram infetados por uma estirpe diferente do vírus.

Falsos positivos
Cerca de 3700 pessoas foram erradamente diagnosticadas com Covid-19 na Suécia depois de serem testados com um lote defeituoso de testes fabricado na China.

Contra vacina apressada
O epidemiologista-chefe dos EUA, Anthony Fauci, considerou perigosa a possibilidade de apressar a distribuição de uma vacina antes de passar todos os testes de segurança, depois de rumores de que Trump quer uma vacina antes das eleições.

Bali sem turistas até 2021
A ilha indonésia de Bali vai continuar fechada aos turistas internacionais até ao final do ano, anunciou o governo de Jacarta.

Filho de Bolsonaro infetado com Covid-19
Flávio Bolsonaro, filho mais velho do presidente brasileiro Jair Bolsonaro, testou positivo ao novo coronavírus, tornando-se o quarto infetado na família depois do pai, da madrasta, Michelle, e do meio-irmão, Jair Renan.

O senador não apresenta sintomas e está a ser tratado com hidroxicloroquina, o polémico medicamento promovido pelo pai como cura para a doença.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)