Primeira filha de madrasta de Gabriel Cruz morreu ao cair de janela

Ridelca Josefina perdeu a vida quando tinha apenas quatro anos.
12.03.18
Ana Julia Quezada, a madrasta de Gabriel Crúz, apontada como a principal suspeita pela morte do enteado de oito anos, teve uma filha que morreu aos quatro anos, ao cair de uma janela de um sétimo andar, sabe-se agora. 

Na altura, em 1994, as autoridades afirmaram que a criança estava apenas ao seu cuidado, mas agora, confirmaram que se tratava da filha de Ana Julia.

A mulher trouxe consigo Ridelca Josefina quando emigrou da República Dominicana para Espanha, na década de 90. Quando tinha quatro anos, a menina morreu ao cair de uma janela localizada no sétimo andar do prédio onde viviam, em Burgos. Naquela altura, encontrava-se também em casa a segunda filha de Ana Julia, já nascida em Espanha e atualmente com 24 anos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!